Publicidade:

Ficou sem luz? ERSE lança site que o pode ajudar

Regulador lançou um site no qual poderá reclamar sobre a qualidade do serviço prestado, tal como da quantidade e duração das interrupções de energia.

Ficou sem luz? ERSE lança site que o pode ajudar
Também poderá saber a origem das interrupção de energia

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) lançou esta terça-feira, dia 7 de maio, um novo site no qual clientes industriais e domésticos podem reclamar sobre a quantidade, duração e motivo das interrupções do fornecimento de eletricidade – incumprimentos que em 2017 levaram a compensações aos clientes da ordem dos 150 mil euros.

Ao contrário dos clientes industriais, os domésticos reclamam sobre faturação, mas não sobre a qualidade do serviço, pretendendo o regulador que o novo site, além de ser útil aos clientes empresariais, se torne numa ferramenta de maior transparência para o cidadão comum.

A ERSE frisou a importância desta nova ferramenta para a avaliação da continuidade do serviço na zona de residência, ou onde está instalada a empresa, e para saber se a interrupção resultou de um incidente ou de uma intervenção realizada pelo operador.

O site contém também informação sobre as compensações pagas sempre que não são cumpridos os padrões de qualidade e sobre a evolução temporal da qualidade de serviço, bem como a caracterização e comparação da rede elétrica a nível nacional e europeu.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected]t.