Publicidade:

Funcionários públicos dispensados de atestado para ausências até 2 dias

Medida publicada esta quarta-feira em Diário da República prevê a dispensa de apresentação de atestado médico para ausências até 2 dias, e num máximo de 7 dias por ano.

Funcionários públicos dispensados de atestado para ausências até 2 dias
Medida está prevista no Plano de Ação para a Segurança e Saúde

Medida prevista no Plano de Ação para a Segurança e Saúde no Trabalho na Administração Pública 2020 foi hoje publicada em Diário da República.

Em relação ao regime de ausência por doença de curta duração, o plano prevê “desenvolver projetos experimentais em organismos piloto” que envolvam a introdução, para os trabalhadores no regime de proteção social convergente, da possibilidade de dispensa de apresentação de atestado médico para ausências até 2 dias, e num máximo de 7 dias por ano.

Recorde-se que o regime de proteção social convergente (RPSC) abrange os trabalhadores admitidos na Administração Pública até 31 de dezembro de 2005 e que estavam inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA).

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].