Publicidade:

Tem móveis do Ikea usados em casa? Ganhe dinheiro com eles

A iniciativa “Segunda Vida”, do Ikea, quer incentivar os clientes da marca sueca a venderem os seus móveis de volta à casa. Saiba como funciona.

Tem móveis do Ikea usados em casa? Ganhe dinheiro com eles
O Ikea quer comprar alguns móveis usados aos seus clientes

Depois de colocar o seu móvel usado – e montado – na plataforma online, só tem de esperar por uma proposta de valor do Ikea. O processo é simples e ainda pode fazer algum dinheiro com a iniciativa “Segunda Vida”.

O Ikea quer comprar os seus móveis usados


moveis ikea

Como funciona? Só tem de ir ao site e escolher a loja, aceder à secção Segunda Vida e responder ao questionário sobre o móvel (indicar a largura, os danos, descrição, etc.). Depois, é só fazer o upload de algumas fotografias.

A bola passa assim para o lado do Ikea, que tem nesse momento a tarefa de fazer uma proposta para comprar o seu móvel usado.

É importante saber que o Ikea aceita móveis de linhas descontinuadas de uma grande variedade de produtos, desde os sofás às cadeiras de sala e de cozinha, passando pelos armários, pelos repousa-pés, estantes e até pelas cómodas e pelas mesas de cabeceira. Deixa de fora os produtos de decoração, têxteis, plantas, roupeiros, camas, eletrodomésticos, ferramentas, móveis de cozinha e casa de banho e cadeiras de escritório.

Os móveis devem estar em bom estado e não é necessário apresentar talão de compra. Uma solução sustentável e que lhe pode render um dinheiro extra!

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].