Publicidade:

Salários IT em Portugal com aumentos entre 7 a 9%

Salários IT com aumento esperado em Portugal. As áreas com maior procura de profissionais são software, cybersecurity e infraestruturas.

Salários IT em Portugal com aumentos entre 7 a 9%
IT é uma das áreas com maior crescimento

De acordo com a consultora Robert Walters Portugal, IT é atualmente uma das áreas com maior crescimento em Portugal, sendo o nosso país considerado IT Hub da Europa. Por esta razão, é esperado que as empresas aumentem, entre 7 a 9%, os salários IT.

A mesma consultora refere que, devido a uma maior procura de profissionais IT por parte das empresas, “os empregadores já se viram obrigados a aumentar os salários para atrair e reter talento de profissionais de alto calibre no ano passado”.

As empresas de IT apresentam uma grande expansão em Portugal e procuram especificamente candidatos que dominem Java, Microsoft tech, Big Data e Business Intelligence – e, sendo a procura maior que a oferta de profissionais, é de se esperar o aumento em salários IT.

Os perfis mais procurados são developers, engenheiros de software, especialistas em cybersecurity e infraestruturas de IT de nível intermédio e diretivo serão as profissões com maior procura pelas suas competências – embora a procura de profissionais de IT com todo o tipo de conhecimentos vá ser igualmente elevada.

Os salários IT  e o futuro


“Esta tendência vai continuar em 2018, visto que a pouca oferta de candidatos com estas competências se mantém abaixo da procura de mercado. Como consequência, 7% a 9% é a média esperada de aumento de salários IT em Portugal”, acrescenta a consultora Robert Walters Portugal.

Cristiano Aron, diretor da Robert Walters em Portugal, avança ainda que para “este ano espera-se que a evolução positiva na economia de 2017 se mantenha, com a confiança dos empregadores a continuar em força (…) Como resultado, as atividades de recrutamento serão elevadas.”

“A área das Tecnologias da Informação é aquela que apresenta maior falta de especialistas disponíveis pelo boom a que se tem assistido em Portugal nos últimos anos, crescimento esse que se espera manter no futuro”, conclui Cristiano Aron.

Veja também: