Publicidade:

Simulador de pensões da Segurança Social já está disponível: saiba tudo

Como funciona e o novo simulador de pensões da Segurança Social? Saiba tudo sobre a nova plataforma do Estado, que já está disponível para todos.

Simulador de pensões da Segurança Social já está disponível: saiba tudo
Como simular o valor da pensão?

O novo simulador de pensões da Segurança Social, que permite saber qual o valor de reforma futura e qual a data de aposentação, já está disponível para os beneficiários. Para aceder ao simulador de pensões, é preciso estar registado na Segurança Social Direta – que conta com cerca de 4 milhões de pessoas inscritas – ou autenticar-se com o cartão do cidadão. Pode, ainda, aceder através da chave móvel digital (meio que permite aceder a serviços em portais e sítios na Internet de entidades públicas e privadas).

Segundo fonte oficial do Ministério do Trabalho, o simulador permite estimar o valor da pensão de velhice ou de invalidez do regime geral da Segurança Social, não estando disponível para quem desconta para a Caixa Geral de Aposentações (função pública) nem para regimes especiais ou para quem tem descontos no estrangeiro.

Como funciona o novo simulador de pensões da Segurança Social?


Para simular o valor da pensão, o sistema baseia-se em toda a carreira contributiva registada na Segurança Social até ao momento (no mínimo terá de ter 15 anos de descontos) e, para os anos da projeção, tem em conta uma inflação de 0,5% por ano e um crescimento real dos salários de 0,5%.

A simulação é feita com base nas regras em vigor no momento, que são atualizadas cada vez que há mudanças, como é o caso da idade legal da reforma, que aumenta de ano para ano, uma vez que está associada à esperança média de vida. Este ano a idade legal de reforma é de 66 anos e 4 meses, e no próximo ano sobe um mês.

Já o acesso à reforma antecipada é possível a quem, aos 60 anos de idade, tenha 40 anos de contribuições, mas nestes casos estão previstas penalizações: o fator de sustentabilidade, que corta mais de 14% ao valor da pensão, e um corte de 0,5% por cada ano que falta para a idade legal.

Por outro lado, há bonificações para quem trabalha para além das condições exigidas. Ao entrar na Segurança Social Direta, o utilizador terá duas opções, sendo a primeira a “simulação automática”, em que basta clicar para saber qual a idade com que se vai reforma e o valor da pensão sem penalizações (ou seja aos 66 anos e 4 meses este ano), e a “simulação à medida” onde pode alterar alguns parâmetros, como por exemplo, simular uma data de reforma mais cedo ou mais tarde do que o previsto ou o valor das remunerações que permitiram calcular a pensão.

A opção “simulação à medida” permite ainda calcular a pensão para os desempregados de longa duração – que têm regras diferentes – ou para profissões com limite de idade, como é o caso dos pilotos (65 anos).

O montante da pensão futura é uma estimativa (não é um valor vinculativo) e será apresentado em valores brutos, ou seja, sem contar com os impostos a aplicar (IRS).

O simulador está disponível aqui.

Veja também: