ebook
           
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Patrocinado por Escola Virtual - Grupo Porto Editora
Marta Maia
Marta Maia
18 Jul, 2022 - 12:37

Quanto custam as escolas privadas em Portugal?

Marta Maia

Saiba quanto custam as escolas privadas em Portugal e veja alguns exemplos de instituições por todo o país.

quando custam as escolas privadas

Quando as crianças chegam à idade de entrar na escola, a escolha da instituição que as acolhe deve ser feita com muito cuidado. Em Portugal, os pais dividem-se entre duas três opções: o ensino público, o ensino cooperativo e o ensino particular.

O ensino particular, já se sabe, tende a ser mais caro do que as duas alternativas. Mas quanto custam as escolas privadas ao certo? A resposta não é igual em todo o país, nem mesmo para todos os níveis de ensino. Perceba porquê.

Fazer as contas: quanto custam as escolas privadas?

A primeira coisa a ter em conta quando tenta perceber quanto custam as escolas privadas é o nível de ensino que procura. Em regra, quanto mais velhos os alunos ficam, mais altas são as propinas, sendo mais caro ter um filho a fazer o secundário no ensino particular do que a fazer os anos de creche ou infantário.

Nos cálculos também entram os serviços extracurriculares, que completam a oferta das escolas e são sempre facultativos – mas encarecem a mensalidade quando queremos que sejam disponibilizados aos nossos filhos. Assim, aulas de música e teatro, transporte escolar, apoio ao estudo e outras atividades suplementares são sempre pagas à parte e acrescentam aos valores mensais base.

Finalmente, uma nota para os custos obrigatórios que não estão incluídos na mensalidade e que fazem parte do preçário de praticamente todas as escolas. Falamos, por exemplo, de taxas de matrícula, de inscrição e pré-inscrição, de seguros, de fardas, de quotas pedagógicas… tudo soma.

sala de aula professora e alunos

Conheça alguns casos concretos

Quase todas as grandes cidades portuguesas disponibilizam pelo menos uma escola privada para cada nível de ensino. No entanto, os preços das escolas variam consoante a localização.

Por alto, conte sempre com uma despesa anual de algumas milhares de euros apenas para as propinas.

Para dar uma ajuda (e trazer algum realismo) às contas, trazemos-lhe o preçário para o ano letivo 2022/2023 em algumas escolas do país.

Colégio D. Diogo de Sousa, Braga

Nível de ensinoPropinas anuais
Pré-escolar1890€
1º ciclo1950€
2º ciclo2190€
3º ciclo2250€
Secundário2400€
Outros encargos anuais a considerarInscrição (180€)

Colégio Luso-Francês, Porto

Nível de ensinoPropinas anuais
Pré-escolar3050€
1º ciclo3200€
2º ciclo3750€
3º ciclo4150€
Secundário4550€
Outros encargos anuais a considerarPré-inscrição (30€), Inscrição (entre 262 e 275€)

Colégio Português, Aveiro

Nível de ensinoPropinas anuais
Pré-escolar3812€ (propina anual até 15 de julho)
3935€ (propina anual até 15 de setembro)
1º ciclo3995€ (propina anual até 15 de julho)
4121€ (propina anual até 15 de setembro)
2º ciclo3995€ (propina anual até 15 de julho)
4121€ (propina anual até 15 de setembro)
3º ciclo3995€ (propina anual até 15 de julho)
4121€ (propina anual até 15 de setembro)
Outros encargos anuais a considerarMatrícula (130€), Inscrição (120€)

Colégio S. José, Coimbra

Este colégio oferece dois currículos: um português e um americano. Os preços abaixo são referentes ao programa português – as propinas do programa americano são mais altas e inclui ensino Secundário.

Nível de ensinoPropinas anuais
Pré-escolar3074€
1º ciclo3520€
2º ciclo3579€
3º ciclo3451€
Outros encargos anuais a considerarInscrição (124€)

Colégio Manuel Bernardes, Lisboa

Nível de ensinoPropinas anuais
Pré-escolar4550€
1º ciclo4550€
2º ciclo4630€
3º ciclo4710€
Secundário5170€
Outros encargos anuais a considerarInscrição (300€), Quota Pedagógica (entre 25€ e 40€)

Salesianos, Évora

Nível de ensinoPropinas anuais
Creche4180€
Pré-escolar3355€
1º ciclo3550€
2º ciclo3575€
3º ciclo3575€
Secundário3625€
Outros encargos anuais a considerarInscrição (100€), matrícula (entre 355€ e 380€)

Soluções para pagar menos nas escolas privadas

Agora que sabe quanto custam as escolas privadas – ou pelo menos algumas – sabe que as propinas podem custar a suportar. A boa notícia é que algumas destas escolas oferecem bolsas de estudo, que podem ser parciais ou integrais.

Procure saber, no momento da inscrição, se a escola que escolheu tem um programa de bolsas e quais são os critérios de atribuição. Estas bolsas podem ajudar a reduzir o encargo no final do mês.

Se mesmo assim as escolas particulares são insuportáveis para o seu orçamento, pondere inscrever os seus filhos no ensino cooperativo: colégios privados que têm acordo com o Ministério da Educação e entram na rede de ensino pública, prestando o serviço de ensino gratuitamente a quem se inscrever. Nestes casos, quem paga a propina – ou parte dela – é o Estado, o que significa que a despesa ficará mais leve para o seu bolso.

Veja também