AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

6 dicas para melhorar o seu perfil no LinkedIn

O seu perfil no LinkedIn pode ser a sua maior arma na hora de se candidatar uma oferta de emprego. Veja como o optimizar.

6 dicas para melhorar o seu perfil no LinkedIn
Saiba como atrair recrutadores através do LinkedIn

Com mais de 225 milhões de utilizadores, o LinkedIn tornou-se numa das ferramentas mais utilizadas pelos recrutadores, na hora de selecionar candidatos, por isso é importante que saiba como tirar o máximo partido do seu perfil

Longe vai o tempo em que o recrutamento passava pela pesquisa de ofertas em sites de emprego ou anúncios de jornal, a candidatura e (caso a sorte batesse à porta) a tão esperada entrevista

Atualmente, os recrutadores podem facilmente ter acesso a um perfil mais completo dos candidatos a emprego. Facilmente se encontram artigos especializados sobre recrutamento que falam da importância do perfil no LinkedIn. Não raras vezes, estes mesmos artigos destacam o facto de grande parte dos recrutadores além da habitual análise ao Curriculum Vitae, conduzam uma pesquisa online, pelas várias redes sociais, sobretudo no LinkedIn.


Como tornar o seu perfil irresistível?

Mais que ter um perfil no Linkedin, deve fazer-se notar entre os restantes utilizadores
Lembre-se que a visibilidade do seu perfil depende do grau de otimização que lhe conferir. 
Por isso, dedique o tempo necessário para garantir que o seu perfil vai saltar à vista dos recrutadores. Para isso aqui ficam algumas dicas para melhorar o seu perfil


1. Utilize uma foto profissional 

Lembre-se que a sua fotografia de perfil é o seu cartão-de-visita. De acordo com as estatísticas apresentadas pelo LinkedIn, um perfil com foto aumenta, em média, 7 vezes as probabilidades de ser aberto por outros utilizadores, por isso escolha uma boa foto que realce o seu carácter profissional. 


2. Utilize Palavras-Chave no seu perfil

Aqui pode residir o sucesso ou a “morte do artista”. Ao completar o seu perfil no LinkedIn tenha sempre em mente que quanto mais localizável pelos motores de busca (Google, Bing, etc.), maiores serão as hipóteses de ser encontrado. Inclua termos que estejam diretamente relacionados com a sua área de atividade e com a sua experiência profissional. 


3. Estabeleça uma rede de contactos estratégica 

É certo que quanto maior for a sua rede de contactos no LinkedIn, maiores serão as probabilidades de constar na pesquisa de outros utilizadores (podendo um deles ser o seu futuro recrutador). No entanto, mais que ter uma grande rede de contactos, importa que tenha uma boa rede de contactos. Significa que deve tentar filtrar as pessoas a quem se liga. Colegas de profissão ou especialistas na sua área de atividade são bons exemplos. Estes contactos podem ser facilmente conseguidos através da participação nos grupos do LinkedIn. 


4. Incorpore as suas Recomendações Profissionais

No que às recomendações diz respeito, embora os especialistas recomendem que estas sejam espontâneas, não se iniba de contactar antigos colegas de trabalho, por exemplo. Estas recomendações podem ser essenciais para que os recrutadores percebam quais são as suas competências profissionais e os seus pontos fortes. Os recrutadores vão querer saber que tipo de conhecimentos técnicos detém ou quais são as áreas em que é mais experiente e nada melhor que ver essas características destacadas por outros colegas. 


5. Personalize o seu URL 

Ter um URL personalizado pode ser essencial para que o seu perfil no LinkedIn apareça nos resultados de pesquisa dos motores de busca, além de que se torna mais atrativo para partilhar.


6. Seja pró-ativo 

Seja ativo, publique textos relacionados com as suas áreas de interesse profissionais, interaja com outros utilizadores, partilhe artigos especializados... Deixe a sua pegada e torne-se “apetecível” aos recrutadores.


Veja também: