AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

6 razões para fazer Erasmus

Fazer Erasmus: sim ou não? Se te faltam razões para te decidires, apresentamos 6 motivos pelos quais não deves perder esta experiência.

6 razões para fazer Erasmus
Vai e ganha mundo!

Fazer Erasmus pode ser a experiência da tua vida. Se os protocolos da tua universidade são aliciantes, as tuas notas e o orçamento familiar permitem, lança-te ao mundo! Regressarás mais confiante, desenrascado e independente. Mas há mais razões para fazer Erasmus.
 

1. “Ganhei mundo”, garantem todos

Como é que ganham mundo a fazer Erasmus na Suíça? É só um país, dirão. Não é. O campus de cada universidade é um pequeno mundo onde farás amigos de todos os continentes. Nem só de Erasmus vivem as universidades Europeias! A Alemanha, por exemplo, é um dos principais destinos de estudo do mundo. Facilmente terás colegas do México à Índia, dos Estados Unidos à Austrália ou do Quénia à China. Só por viver e conviver com pessoas de diferentes culturas já serás, no final desta aventura, uma pessoa mais rica, mais tolerante à diferença e disponível para novas experiências.
 

2. Lá diz o ditado: a necessidade aguça o engenho

Quer fiques doente, te falte vocabulário ou alguns trocos, estás por tua conta e vais ter que te safar. Não apenas em imprevistos! Terás que esticar o teu dinheiro até ao mês seguinte, lavar e cuidar da tua roupa, cozinhar, lavar loiça, fazer compras, tomar decisões e gerir qualquer situação que um novo país, uma nova cultura e novas regras vão trazer à tua vida. Vais crescer, em alguns meses, aquilo que te levaria anos.
 

3. Conhecerás outras formas de ensino e de aprendizagem

Assim como matérias e perspetivas novas. Por exemplo, será muito interessante conhecer o outro lado da História de Portugal, ou seja, a História de Espanha. Talvez ingresses numa universidade com regras rigorosas, no que diz respeito aos horários, ao vestuário ou ao comportamento. Serás, como consequência, mais atento, curioso, disciplinado e responsável.
 

4. Ser viajado é uma mais-valia para o teu currículo

Os empregadores sabem que é por coragem, pelo desafio e pela sede de conhecimento que sais do teu país. Sabem, também, que regressas com mais competências pessoais e profissionais, com uma mente mais aberta e mais autónomo. Tudo o que uma empresa precisa. Comprova-o um estudo da União Europeia, que concluiu que os Erasmus têm maior probabilidade de conseguir emprego. As percentagens dizem que estes têm menos 50% de hipótese de passar por desemprego de longa duração e que, cinco anos após a conclusão da licenciatura, a taxa de desemprego é 23% inferior à dos restantes. Para além disso, um em cada dez lançou a sua própria empresa e três em cada quatro tenciona fazê-lo.
 

5. Inglês todo o dia a toda a hora

Seja qual for o país que escolhas para fazer Erasmus, a língua inglesa passará a fazer parte do teu dia a dia reforçando tanto os teus conhecimentos orais, como escritos. Manter um diálogo, ver filmes ou ler livros em inglês será agora muito mais fácil e natural. Mas não só: estarás apto para trabalhar em qualquer parte do mundo. E ainda aprenderás um pouco da língua do país que te acolhe ou, mesmo, da dos países dos teus colegas.
 

6. Por fim, um bónus: uma casa de férias em vários cantos do mundo

Os teus amigos, agora, são internacionais. E, dependendo do quão sociável és, isso pode tornar possível o sonho de visitar meio mundo. Em regime de estadia grátis e guia incluído. Além disso, quando entrares no mundo do trabalho, amigos por todo o mundo, podem ser-te muito úteis.
 
 
Prepare o seu futuro, faça aquela formação profissional que tanto queria ou até uma licenciatura, um mestrado, e porque não um MBA? Saiba como aqui.
 
Veja também: