4 formas fáceis de arruinar um casamento

Arruinar um casamento pode não ser difícil se os membros do casal cometerem estes 4 erros.

4 formas fáceis de arruinar um casamento
Erros comuns a evitar na vida a dois

Conheça as 4 formas de arruinar um casamento para que possa evitá-las a tempo. O relacionamento a dois nem sempre é fácil, especialmente quando há convívio diário e partilha de responsabilidades e compromissos. O stress do dia-a-dia e as rotinas nem sempre excitantes podem provocar conflitos e atritos difíceis de sanar.


Comportamentos a evitar para não arruinar o seu casamento


1. O conto de fadas

Imaginar que a vida a dois vai ser como um conto de fadas, como as histórias sempre felizes da Disney, pode provocar uma série de expectativas irrealistas em relação à vida a dois, que podem arruinar um casamento. A verdade é que, entre trabalho e contas para pagar, nem sempre a vida do casal é feita de romantismos e sorrisos.

Criar a ilusão de que o casamento será sempre um mar de rosas pode ser negativo, pois contribui para uma sensação de frustração ou desilusão que pode afastar os membros do casal. Aprender que a vida a dois tem sempre altos e baixos, que a relação pode passar por fases menos românticas é essencial para conseguir manter um casamento.



2. O silêncio

Embora seja verdade que cada membro do casal tem direito à sua privacidade e a momentos de maior introspeção, a verdade é que a vida a dois tem de se basear na boa comunicação. Não são apenas as discussões ou palavras mais azedas proferidas em momentos de exaltação que magoam o outro, o silêncio, a falta de comunicação e mesmo a indiferença pode ser igualmente prejudicial à vida a dois. Se algo não corre bem na relação, é preferível falar sobre isso do que permanecer em silêncio na expectativa de que o outro o entenda.



3. Crítica vs elogio

Por muito que no início de uma relação o outro nos pareça perfeito, com o decorrer do tempo é normal encontrarmos alguns defeitos que nos podem incomodar. Todas as pessoas têm comportamentos menos vituosos e sabemos que isso pode não agradar ao outro. Contudo, é muito importante perceber que não é possível vivermos debaixo de críticas constantes - isso torna-se um verdadeiro pesadelo e pode causar o fim da relação.

Não se esqueça que o seu companheiro/a também gosta de ouvir elogios, de receber palavras simpáticas, que lhe dê os parabéns por sucessos alcançados e que estes comportamentos estimulam o bem-estar da relação.



4. A intimidade

A vida sexual pode ser afetada por inúmeras situações internas ou externas ao casal e falar sobre a intimidade é também importante. Muitas vezes, comete-se o erro de achar que o grau do desejo sexual é proporcional ao amor que o outro sente e por nós e, havendo menos desejo, os sentimentos ficam em dúvida.

Porém, a diminuição do desejo sexual pode não ter nada a ver com os sentimentos; pode ser provocado pelo stress do dia a dia, pelo nascimento de um filho, por questões de trabalho, ou mesmo por algum problema entre os dois que não esteja a ser resolvido. Mais uma vez, é importante comunicar e, além disso, procurar encontrar formas de promover a intimidade - que vai muito além da vida sexual.

Evite estes 4 erros bastante comuns e tenha na comunicação de qualidade a chave para manter um relacionamento saudável e feliz.

Veja também: