PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

Cancro nos Cães: as 10 raças mais propensas e alguns dos sintomas

Saiba quais são as raças caninas com maior predisposição para ter cancro e quais os sintomas associados.

Cancro nos Cães: as 10 raças mais propensas e alguns dos sintomas
Descubra os principais sintomas

O cancro nos cães é uma patologia que surge com alguma frequência e que está de certa forma relacionado com o envelhecimento dos nossos amigos de quatro patas. 

 

Cancro nos cães – As 10 raças com maior tendência

A “Morris Animal Foundation” é uma organização sem fins lucrativos que investe na ciência para promover a saúde animal. Líder global no financiamento de estudos científicos para animais de companhia, cavalos e animais selvagens, esta fundação realizou um estudo que divulga as 10 raças caninas com maior aptidão para contrair cancro. 


Bouvier Bernois 

É uma raça com um passado de problemas ligado às articulações. Tendo em conta este facto torna-se possível desenvolver esta doença do foro oncológico.


Golden Retrievers

Um grupo de investigadores descobriu dois genes que estão ligados ao desenvolvimento de cancro nos cães, designadamente nesta raça em específico. 


Boxers 

Os Boxers aparecem nesta lista porque estão entre as raças com mais probabilidades de contraírem cancro na zona do cérebro.


Terrier Escocês

Com base no estudo realizado pela fundação, esta raça reúne maiores condições para obter cancro na bexiga, no entanto, uma dieta à base de vegetais pode ser sinónimo da redução dessa probabilidade.


Boiadeiro da Flandres

Raça com aptidão para desenvolver carcinoma gástrico, um tipo de cancro no estômago.
 

Bullmastiff 

Uma das doenças oncológicas que mais afecta os cães está relacionada com os linfomas. Esta raça acaba por ser a que maior apresenta tendência para esta doença.


Rottweiler 

Com uma estrutura de ossos larga, estes cães acabam por ter predisposição para desenvolverem cancros ósseos. Segundo a fundação, esta é uma das doenças mais mortíferas, uma vez que não existem avanços significativos para a cura. 


Leão da Rodésia

Raça com um número grande de tumores malignos, designadamente sarcomas nos tecidos moles. Em relação a estes cães, é necessário que os veterinários estejam atentos ao surgimento de caroços ou inchaços, pois podem numa fase inicial serem tumores benignos.


Airedale Terrier 

Com tendência para obter cancro nasal, estes animais podem também sofrer de outros problemas nasais crónicos.


Setter irlandês

A terminar esta lista de epidemia de cancro nos cães, esta raça reúne condições para obter tumores no pâncreas relacionados com a produção de insulina.

Porque prevenir é melhor que remediar, esteja atento a alguns sintomas que são mais comuns para descobrir se o seu cão tem cancro.

Os principais sintomas de cancro nos cães

  • Um inchaço anormal que persista e continue a crescer;
  • Feridas que não cicatrizem;
  • Perda de peso;
  • Perda de apetite;
  • Sangramento ou descarga de qualquer abertura do corpo;
  • Mau odor;
  • Dificuldade em comer;
  • Hesitação no exercício ou perda de estabilidade;
  • Dificuldade em respirar;
  • Dificuldade em urinar.    

Veja também: