As 10 canetas mais caras do mundo

As canetas mais caras do mundo são obras de arte da joalharia e estão ao alcance de poucas carteiras. A mais cara foi vendida pela módica quantia de €6 milhões.

As 10 canetas mais caras do mundo
Conheça aqui as mais caras e as mais belas canetas de sempre

Os metais preciosos, o design e a minúcia dos trabalhados, a qualidade dos acabamentos e o facto de serem edições limitadas são algumas das características que fazem destas canetas as mais caras do mundo. São fruto da perícia de designers de peças de luxo e de mestres joalheiros que trabalham para algumas das marcas mais conceituadas de canetas do mundo.
  

As 10 canetas mais caras do mundo

 

10. Visconti Ripple H.R.H Fountain Pen



No que diz respeito a fabricantes de canetas de luxo, a casa Visconti sempre foi sinónimo de qualidade, beleza e luxo. A Visconti Ripple é, neste sentido, um excelente exemplar da marca. Revestida a ouro branco, com pena em ouro de 18 quilates e bordada a diamantes, esta caneta está avaliada em 40 mil euros.
 


9. Omas Phoenix Platinum Fountain Pen - Edição limitada



Em platina e esmalte amarelo, com a pena em ouro de 18 quilates e decorada com diamantes, esta caneta está avaliada em 42 mil euros.
 


8. Montblanc Boheme Royal Pen



Com um design muito particular e muito elegante, esta caneta é decorada com uma impressionante variedade de diamantes, 1430 para sermos precisos. Com pena em ouro de 18 quilates e barril de ouro branco, a caneta possui ainda um diamante paramount-cut no clipe. Está avaliada em 100 mil euros.
 


7. Montblanc Boheme Papillon Pen - Edição limitada



Esta caneta, de edição limitada, possui 3 penas decoradas com 1.400 diamantes Wesselton e 37 safiras. Inspirada na forma da borboleta, esta caneta foi feita por artesãos especialistas nas canetas Montblanc. Está avaliada em 170 mil euros.
 


6. Prince Rainier III - Edição limitada



É um tributo ao Príncipe Rainier III do Mónaco. Existem apenas 81 exemplares desta caneta no mundo. De design sóbrio e elegante, o corpo da caneta é revestido a ouro branco e decorado com 92 rubis. Está avaliada em 180 mil euros.
 


5. La Modernista Diamonds Caran d’Ache



Sob a chancela da famosa marca suíça de canetas de luxo e de materiais para artistas, esta caneta foi feita à mão pelo mestre joalheiro Robert Perron. Com pena em ouro de 18 quilates, o invólucro de prata é revestido com mais de 5 mil diamantes Wesselton, assim como 96 rubis. Está avaliada em 185 mil euros.
 


4. Mystery Masterpiece Mont Blanc & Van Cleef & Arpels - Edição limitada



Desenhada para celebrar o centenário da colaboração entre a Mont Blanc e a Van Cleef & Arpels, esta caneta é revestida com diamantes e pode ser personalizada pelo seu comprador - que pode escolher de uma vasta gama de safiras, rubis ou esmeraldas. É merecedora de um lugar na lista das canetas mais caras do mundo e das mais bonitas também. Custa 500 mil euros.



3. Caran d’Ache 1010 Diamonds - Edição Limitada
 


Tal como o nome sugere, esta caneta é adornada com 1010 diamantes. O corpo da caneta é em ouro branco, e foi feita à mão por mestres joalheiros.
 


2. Aurora Diamante Fountain Pen



Não é a caneta mais cara do mundo, mas ocupa um honroso segundo lugar. Custa 1 milhão de euros, possui dois mil diamantes “De Beers”, um barril de platina sólida e inúmeras outras jóias.  
 


1. Fulgor Nocturnus



Vendida em 2010, num leilão em Xangai, por 6 milhões de euros, este exemplar ocupa o lugar cimeiro das canetas mais caras do mundo. Aliás, a mais cara de sempre. Da casa Tibaldi, é decorada com 945 diamantes negros e 123 rubis e é peça única no mundo.
 


Interessado em comprar canetas com história?

Se estiver interessado em comprar ou vender canetas ou outras peças de luxo, aconselhamos vivamente que visite a plataforma de bens de luxo em segunda mão e leiloeira, P55. Para além de outras canetas, tem um modelo da Caran d'Ache belíssimo, em madeira e casquinha de prata, com pena em irídio e a um preço igualmente arrebatador. 

Veja também: