Circular com matrículas antigas

Normas e modelos de matrícula. Em matrículas até dezembro de 91 pode utilizar as antigas e pode sempre utilizar os modelos mais recentes, mas nunca o contrário.

Circular com matrículas antigas
Fundo preto, letras e números brancos com relevo ainda podem circular.

Podem ter fundos pretos ou brancos e letras e números brancos ou pretos, mas as combinações estão estipuladas e não pode fugir à regra, caso contrário não traz a folha verde da inspeção ou pode ser autuado pela polícia.

Falamos de matrículas, e vamos focar-nos nas antigas, aquelas que nos levam a recordações da infância, ou, se é mais novo, é impossível não admirar os automóveis antigos e todas as diferenças normativas que havia, desde as matrículas aos cintos de segurança e os encostos de cabeça.


As normas

O seu carro tem uma matrícula, a combinação única de números e letras que identificam a viatura, e duas chapas - uma colocada na traseira e outra na frente.
As matrículas portuguesas têm atualmente 3 modelos e cada um tem as suas especificidades.


Modelo 1 - até dezembro de 1991

Estas são consideradas as matrículas antigas. Têm obrigatoriamente de ter fundo preto e números e letras brancas com relevo, sendo que o material utilizado tem de ser o plástico. Este modelo só pode ser utilizado em carros matriculados até dezembro de 1991.


Modelo 2 - de 02 janeiro de 1992 até 31 de dezembro de 1997

Estas matrículas têm fundo branco e números e letras a preto. A novidade neste modelo de matrícula, além da organização das cores, fica-se pela indicação do país de origem na União Europeia, colocando do lado esquerdo da chapa uma barra azul, com a letra P (no caso de Portugal) e também no material utilizado que passou de plástico para alumínio.


Modelo 3 - após 01 de janeiro de 1998

Neste terceiro modelo foi incluído o ano e mês da matrícula do lado direito da chapa, com uma barra de fundo amarelo, sendo que o ano fica na parte superior e o mês na inferior. As chapas podem ser em alumínio ou acrílico, sendo que este segundo material é o mais utilizado.

modelos de matrículas

Legislação e Coimas

Caso não respeite estas normas estabelecidas - pelo Despacho n.º 17 794/98  da Direção Geral da Viação - as coimas que pode pagar vão dos 120€ aos 600€.
No entanto, há valores mais baixos que começam nos 60€, se o problema estiver nas dimensões da chapa de matrícula. Ainda assim o que está regulamentado são os valores que começam nos 120€, como se pode confirmar no Artº17 do Código da Estrada (título IV, capítulo IV).


Onde comprar

Pode comprar as matrículas antigas em qualquer loja da especialidade e há também lojas de chaves que vendem chapas de matrícula. Os valores variam, há locais onde pode pagar 30€ a 40€ pelas duas chapas, outros onde pode pagar apenas 15€. Pode até comprar pela internet.


Veja também:

Continuar a Ler