10 coisas que o entregador de pizza não lhe diz

Costuma encomendar pizzas online ou por telefone? A comodidade é a grande vantagem do serviço. Saiba 10 coisas que o entregador de pizza não lhe diz.

10 coisas que o entregador de pizza não lhe diz
Factos curiosos desta profissão

Se costuma encomendar pizzas para serem entregues em casa, fá-lo por razões de conforto. Não tem de sair, está tudo à distância de um clique ou de uma chamada, pode escolher os ingredientes que quiser e, por vezes, ainda pode usufruir de promoções. Cerca de 30 minutos depois está alguém a tocar à campainha para fazer a entrega. Já parou para pensar na pessoa que faz a entrega? Conheça aqui algumas coisas que o entregador de pizza não lhe diz.

eating pizza

Curiosidades: 10 coisas que o entregador de pizza não lhe diz

1. Telefonemas “a gozar”

Algo que acontece sobretudo com pizzarias locais, não com grandes cadeias famosas em que a estrutura empresarial separa quem faz o quê. Nas pizzarias mais pequenas, por vezes negócios familiares, quem faz a pizza ou pelo menos que recebe o pedido, é quem faz a entrega. A prática já permite perceber quem está a fazer telefonemas sem qualquer intenção de realmente fazer um pedido.

2. Acidentes de percurso

Se acontecer algo à sua pizza durante o caminho, o entregador vai tentar resolver o problema sem ter de voltar atrás.

3. Gorjetas

Dar uma gorjeta é sempre apreciado. Não é uma prática comum em Portugal, ou pelo menos não tão comum como deveria ser, mas o entregador aprecia imenso e está a compensar alguém que trabalha na rua em qualquer tipo de condição meteorológica e com tempos para cumprir. Estão a passar pelas condições que quis evitar quando encomendou. Merecem mais alguma coisa, não?

4. Respeito e paciência

Muitos entregadores de pizza trabalham nesta área em part time, como complemento ao emprego principal e, na grande maioria, usam os próprios motociclos. Acidentes e atrasos acontecem, tudo o que eles pedem é alguma paciência e compreensão.

5. Demasiado à vontade

Uma das coisas que o entregador de pizza não lhe diz é que ele ou ela teriam preferido que não tivesse vindo receber a sua pizza em roupa interior. Não o admitiria no seu local de trabalho, certo? A distância profissional também se aplica nesta área.

pizza

6. Demoras a atender a porta

O tempo é dinheiro e há muitas pessoas à espera da entrega.

7. O trabalho é só um

E este profissionais têm mais entregas para fazer. Não lhes peça outras coisas só porque está a pagar um serviço.

8. Ajuda com a morada

Há determinadas moradas um pouco confusas, ou que podem não aparecer em sistemas de GPS. Podem existir duas ruas com nome semelhante na mesmo cidade, ou a sua casa pode não ter o número visível. Dê estas indicações por telefone quando faz a encomenda. Nos próprios sites de encomenda tem um local disponível onde dar esta informação.

9. Não tenha preguiça

Se mora muito perto de uma pizzaria que faz entregas, podia evitar um trabalho extra ao entregador. Não vai ser um cliente popular.

10. Dinheiro à mão

Se pode dar a indicação do meio de pagamento e para quanto dinheiro vai precisar de troco, o entregador de pizza agradece que o tenho prontinho na hora da entrega. Facilita a transação, o trabalho, e tem a sua pizza mais rápido.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.