Como fazer a lista de compras

Uma lista de compras é fundamental para controlar as suas finanças. Conheça essa e outras dicas para poupar ainda mais na ida às compras.

Como fazer a lista de compras
Conheça as nossas 7 dicas.

A regra é simples: se precisa abastecer a despensa, não pode sair de casa sem uma lista de compras. Mas, não se iluda, esta não é a única lista que terá que fazer para organizar as suas compras e, consequentemente, a sua casa e as suas finanças. À partida, poderão parecer-lhe registos a mais mas, no final, a sua vida fica mais simples. Garantimos. Tome nota.
 

7 Passos para fazer uma lista de compras infalível

 

1. Lista de despensa

Para começar faça uma lista, no Excel, com indicação de todos os produtos e quantidades necessários em sua casa. Existem várias online mas cada casa é uma casa, por isso, dê uma volta pelos armários, pelo frigorífico e pelos talões do supermercado e crie a sua lista de despensa. Feito isto, consulte os supermercados da sua zona e registe os preços dos seus produtos. Esta pesquisa e registo permite-lhe saber qual o valor médio que um artigo lhe custa evitando, assim, comer gato por lebre quando surgem promoções.
 
 

2. Atualize

Faça uma revisão mensal da lista de despensa. Confirme se tem produtos que não compra ou quantidades insuficientes. Além disso, as necessidades variam conforme as estações, os gostos, os programas culinários que anda a ver ou número do agregado. O objetivo desta lista é facilitar na hora de fazer a lista de compras, sabendo exatamente as quantidades que precisa comprar e evitar gastos supérfluos. 
 
 

3. Menu Semanal

Preparar no fim de semana o menu para a semana seguinte tem várias vantagens. Todos nós já nos debatemos com a dúvida: o que fazer para o jantar? Muitas vezes, na angústia da decisão, acabamos por fazer refeições fora, por preparar algo rápido e pouco nutritivo ou por ir, à pressa, comprar ingredientes para aquela receita que encontramos online. Definindo as refeições com antecedência evita as corridas para o supermercado, sabe o que precisa colocar na sua lista de compras, poupando tempo e dinheiro.
 
 

4. Abuse da tecnologia

Existem várias aplicações que o ajudam a organizar a lista de compras. Permitem fazer listas de compras, de tarefas e de despensa, assim como partilhar, enviar ou sincronizar todas elas com a família. Algumas, como é o caso da Out of Milk, permitem colocar o preço dos artigos e ler os códigos de barras. A Buy Me a Pie é outra aplicação, mais simples, que pode usar para criar várias listas de compras. Pode ainda servir-se da Dropbox, Google Drive ou Evernote para arquivar e ter sempre disponível a lista de despensa. Teste várias e opte pela que melhor se adequa à sua vida.
 
 

5. Promoções, cartões e cupões

Esteja atento aos folhetos, adira aos cartões e aplicações dos supermercados da sua área de residência ou de trabalho, registe-se nas páginas dos seus produtos preferidos e esteja atento aos vários blogues sobre promoções e descontos. Estude os produtos, os tipos de promoções, saiba todas as datas mas, na hora de comprar, faça bem as contas e não se deixe levar pelo entusiasmo. E programe alertas, no seu telemóvel, para as datas de validade dos cupões e talões. Veja mais dicas sobre como poupar com vales de desconto.
 
 

6. Lista de faltas

Se for adepto das tecnologias, tem o problema resolvido. Basta que todos os elementos da família usem a mesma aplicação e que a tenham sincronizada. Assim, sempre que alguém acabar com o último pacote de leite ou der pela falta da pasta de dentes, basta aceder à aplicação e registar o artigo em falta. Preferindo os meios tradicionais, recomendamos que coloque na porta do frigorífico um lembrete, pode ser uma folha de papel, um bloco de notas ou um daqueles ímanes próprios para o efeito.
 
 

7. Faça stock

Se o seu orçamento e despensa permitir compre em quantidade. Tratando-se de uma boa promoção, de 50% ou mais, traga o maior número de unidades que a sua carteira aguentar e vá fazendo stock. De resto, limite o número de vezes que vai às compras. Agende as suas idas ao supermercado de modo a aproveitar as grandes promoções ou cupões. Regresse ao passado e retome as compras do mês (à medida que vai fazendo stock, fica mais fácil). Deixe as compras semanais apenas para os frescos.
 
Veja também: