AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Como lidar com a ansiedade no regresso às aulas

O seu filho está preocupado com o regresso às aulas? Conheça alguns conselhos para o ajudar.

Como lidar com a ansiedade no regresso às aulas
5 conselhos para lidar com a ansiedade.

É natural que o seu filho sinta alguma ansiedade com o regresso às aulas, contudo, é fundamental que vá às aulas. Evitar a escola só vai aumentar e reforçar os medos e, a longo prazo, será uma situação cada mais difícil de reverter. Além do que, estão a perder oportunidades valiosas para desenvolver e praticar competências sociais, fazer amigos, aprender ou ser reconhecido e incentivado pelos seus talentos.
 
De seguida, alguns conselhos para lidar com a ansiedade no regresso às aulas.
 
1. Sentindo-se ansioso, é possível que o seu filho tenha pouco apetite, se esqueça de comer e não durma o suficiente, agravando o seu estado. Esteja atento e vá preparando pequenos lanches. Para além disso, seja rigoroso nas rotinas (acordar e deitar, refeições, etc...), isso trará alguma normalidade e segurança ao dia a dia.
 
2. Converse, diariamente, com o seu filho sobre o que o está a preocupar. Durante as refeições ou na hora de deitar podem ser boas alturas. Diga-lhe que é natural ter preocupações e fale-lhe de algumas das suas para que ele se sinta mais “normal”. 
 
3. Evite dizer-lhe “Não te preocupes” ou “Vai correr tudo bem!”. Antes, encoraje-o a pensar em soluções para o problema. Ao questioná-lo sobre o que faria numa situação específica ou ajudando-o a pensar em formas de ultrapassar uma dificuldade, está a dar-lhe ferramentas para, no futuro, lidar com situações inesperadas e, para ele, assustadoras.
 
4. Seja otimista! Faço-a esquecer, por momentos, as preocupações e incentive-o a pensar nos aspetos positivos. Como, por exemplo, quais as três coisas que o entusiasmam no regresso às aulas. De certeza que vai lembrar-se de alguma! Nem que seja, o regresso a casa, as sapatilhas novas ou a mochila do Phineas & Ferb.
 
5. Talvez também lhe esteja a custar este regresso às aulas do seu filho. Deixá-lo ao cuidado dos outros pode ser um motivo de ansiedade para si. Por isso, preste atenção ao seu próprio comportamento. Quanto mais confiante se mostrar, mais seguro o seu filho se sentirá, com a certeza de que não há nada a temer no regresso às aulas. 
 
Por fim, alguma ansiedade é normal em tempos de mudança. Especialmente, para crianças e adolescentes, que regressam às aulas ou que vão para a escola pela primeira vez. O seu filho pode chorar, irritar-se, queixar-se de dores de cabeça ou de estômago. Lembre-se: seja compreensivo mas firme.
 
  • Quer saber como pode fazer um MBA ou uma pós-graduação que vai mudar-lhe a vida? Clique aqui.
 
Prepare o seu futuro, faça aquela formação profissional que tanto queria ou até uma licenciatura, um mestrado, e porque não um MBA? Saiba como aqui.
 
Veja também: