Como ter uma casa mais segura em 14 passos

Pode ter uma casa mais segura se adotar algumas medidas preventivas. Já dizia o ditado: mais vale prevenir do que remediar.

Como ter uma casa mais segura em 14 passos
14 dicas para proteger a sua casa

Uma casa mais segura depende apenas de si. Com pequenos cuidados diários, pode prevenir assaltos e proteger os seus bens e a sua família. Quando se trata de segurança, as soluções mais fiáveis são as mais caras.

A pensar na sua segurança e, também, no seu orçamento, a Prosegur, empresa de referência na área da segurança privada, tem a decorrer uma campanha com um desconto imediato de 40% na compra e instalação de um sistema de segurança para a sua casa. Mas apresse-se! A campanha termina no final do mês de maio.

Se para manter a sua casa mais segura, está a pensar investir num sistema de alarmes, deve também saber que o da Prosegur Alarmes tem tripla proteção: detetores com câmara incorporada, ligação à central de segurança 24 horas e aviso imediato à polícia.

Quero saber mais sobre a campanha especial Prosegur >>

14 dicas úteis para uma casa mais segura

prosegur

1. Proteja as aberturas, como janelas e portas mais acessíveis ou mais escondidas, com grades, estores ou portadas resistentes com fechos interiores e, se for preciso, reforce a segurança com o auxílio de um sistema de alarme como o da Prosegur Alarmes, que obteve o Prémio Cinco Estrelas, atribuído pelos consumidores, em 2016.

2. Se vive numa moradia com jardim, tenha iluminação com sensor, em pontos estratégicos, em especial nas zonas mais próximas e menos visíveis da casa.

3. Mantenha a porta da garagem sempre fechada, especialmente dá acesso ao resto da casa. Nunca saia sem confirmar que o fecho automático está concluído.

4. Considere ter um cão de guarda, de médio ou grande porte para dissuadir os ladrões e ter a sua casa mais segura.

5. Vale a pena investir em portas e janelas com sistemas de segurança mais avançados e resistentes. Gaste hoje para poupar amanhã.

6. Nunca deixe recados nas portas ou janelas. Não deixe que outros percebam que não está ninguém em casa.

7. Ao entrar ou sair de casa, confirme se não estão pessoas estranhas ou pouco habituais na sua zona por perto.

8. Se tem portas ou janelas de correr, coloque pedaços de madeira, cabos de vassoura ou um varão de ferro na calha para impedir que sejam abertas por fora.

9. Se vive numa moradia isolada considere colocar arame farpado ou o velho truque das quintas antigas de colocar pedaços de vidro no coroamento dos muros. Um sistema de alarme com registo de vídeo e tripla proteção como o da Prosegur Alarmes, poderá também ser uma solução.

10. Mesmo que a porta de sua casa apenas abra com a chave, ainda que viva num apartamento no sexto andar, não caia na tentação de não fechar a porta à chave. Facilmente, com uma garrafa de plástico, uma radiografia ou um cartão multibanco podem entrar em sua casa.

11. Não esconda a chave de casa no exterior mesmo que seja num local improvável. Se precisa de uma chave extra, deixe uma em casa da sua mãe, por exemplo.

12. Se sair à noite, feche cortinas e persianas mas deixe uma luz acesa. Pode utilizar temporizadores para acender e apagar luzes em diferentes horas e divisões.

13. Avise os seus vizinhos para que estejam atentos a pessoas estranhas na sua ausência.

14. Por último, se for de férias, peça a alguém que recolha o seu correio, mantenha os temporizadores a apagar e acender luzes, peça à família para ficar em sua casa e não publique nada, nas redes sociais, que dê a entender que está fora. Leia também as 8 coisas essenciais que deve fazer antes de ir de férias descansado.

Veja também: