Consolidação de Créditos: Uma solução cada vez mais cara

O crédito habitação tem servido para juntar vários pequenos créditos, aliviando o orçamento mensal de muitas famílias. No entanto, a consolidação de créditos faz disparar o spread aplicado.

Consolidação de Créditos: Uma solução cada vez mais cara
Faça bem as contas antes de apostar na consolidação de créditos
  • Apesar de ser uma solução tentadora, a consolidação de créditos pode ser uma solução bem mais cada do que esperava.

Todos nós temos vindo a procurar alternativas que nos permitam respirar de alívio ao fim do mês. A consolidação de créditos tem sido a solução mais utilizada, mas a verdade é que esta opção pode não ser a melhor.



Quando se corre à consolidação de créditos, a prestação mensal é reduzida, muitas vezes com reduções bastante atrativas. No entanto, no final do prazo de pagamento, e feitas as contas, os juros fizeram subir brutalmente o custo do crédito.



Mas há ainda um pior cenário. Muitas vezes as pessoas juntam os seus pequenos créditos ao crédito habitação, diluindo assim o valor dos créditos pelos anos que ainda faltam pagar. No entanto, esta solução de consolidação de créditos pode ter um efeito indesejável: Alteração do spread.



A consolidação de créditos através do crédito habitação alteram o contrato inicial de crédito habitação e, portanto, arrisca-se a ver o seu spread passar de 1% para 4% o que, como deve calcular, tem repercussões imensas no seu crédito.

JUNTE TODOS OS SEUS CRÉDITOS NUM SÓ
Simplifique as suas contas, consulte agora os nossos especialistas em crédito consolidado. Ao juntar os seus créditos, fica com apenas uma mensalidade, paga sempre ao mesmo dia do mês.



Não se esqueça, também, de questionar os diferentes credores para saber se quando liquidar antecipadamente os seus créditos vai ser cobrada alguma taxa ou comissão. Se tiver que a pagar, faça bem as contas e perceba se valerá mesmo a pena alterar todas condições dos créditos.


 
Como funciona a consolidação de créditos pelo crédito habitação?
Como o crédito habitação tem um prazo alargado e uma taxa de juro mais baixa, muitas vezes pode ser vantajoso associar os diversos créditos a este. Apesar de ganhar em liquidez, no final do crédito pagará mais juros. Lembre-se também que a prestação não deve ultrapassar os 35% do rendimento mensal para que não caia numa situação de sobreendividamento.



Dicas para consolidação de créditos
- Não ultrapasse os 35% do rendimento mensal com créditos. Previna-se.
- Renegocie as condições dos seus créditos com os credores. Quem sabe não conseguirá ter melhores condições com a manutenção dos créditos do que com a consolidação de créditos.
- Tente uma consolidação de créditos através de um produto financeiro único. Se não conseguir, opte por um crédito hipotecário.
- Na consolidação de créditos tem que se ter atenção às taxas. Questione sempre sobre as taxas e analise à lupa todas as condições.
- Nunca avance para a consolidação de créditos sem que compare várias propostas. Consulte várias propostas e analise a melhor para o seu caso.

 

Poupe até 60%, reduza as suas mensalidades com o crédito consolidado, saiba como.