Publicidade:

10 destinos baratos fora da Europa

O 10º Barómetro de Custos de Férias no Mundo, da Post Office Travel Money, traz notícias encorajadoras para os viajantes: foram revelados os destinos baratos fora da Europa para 2018.

10 destinos baratos fora da Europa
A América Central e a do Sul oferecem boas alternativas

Se planeia fazer uma grande viagem este ano, mas tem um orçamento limitado ou simplesmente não quer gastar muito dinheiro, revelamos 10 destinos baratos fora da Europa. A nossa escolha prende-se com o barómetro elaborado pela Post Office Travel Money e revela locais com custo de vida baixo, apesar de muitos terem viagens de avião mais caros do que destinos europeus.

Mas, conhecer estes destinos baratos fora da Europa é uma forma de entrar numa aventura num país longínquo, que oferece experiências gastronómicas, culturais e até religiosas tão diferentes quanto interessantes e das quais não se vai, seguramente, arrepender.

Planeie as férias: 10 destinos baratos fora da Europa


O sonho de viajar e conhecer novos países pode, muitas vezes, ser condicionado pela pouca disponibilidade financeira. Desta forma, para facilitar-lhe a vida e sem ter que gastar muito dinheiro, revelamos 10 destinos baratos fora da Europa.

1. Malásia

malásia-pixabay1Fonte: Pixabay / Walkerssk

Cidades agitadas, boa culinária, praias bonitas, ilhas idílicas e parques nacionais com florestas tropicais repletas de vida selvagem: a Malásia é uma alternativa mais barata do que a turística vizinha Tailândia.

Este país é um verdadeiro “melting pot” de diferentes culturas asiáticas. Por lá, encontrará muçulmanos, malaios, indianos e hindus, que convivem com grupos aborígenes e o povo indígena de Bornéu, providenciando uma experiência para a vida.

Alem disso, a Malásia é definida pela floresta equatorial e é lá que existem alguns dos ecossistemas mais antigos da Terra, que, felizmente permanecem intactos, protegidos por parques nacionais e projetos de conservação. Os amantes da vida selvagem poderão ainda desfrutar de um encontro com alguns animais selvagens no seu habitat natural, nomeadamente insetos, aves coloridas ou orangotangos a balançar por entre os ramos das árvores, como se vigiassem a região.

2. Argentina

argentina-pixabayFonte: Pixabay / magicaltravelling

Não é só de tango e futebol que vive a Argentina. Este país é bonito, desafiador e intenso, que seduz qualquer viajante.

A capital Buenos Aires é uma metrópole cuja vida não para. A população vive praticamente na rua, onde não faltam cafés na calçada, decorados com pequenos parques cobertos de flores, muitas livrarias, lojas de roupa e restaurante gourmet. E de cada janela, sai sempre o som de alguma música, que alegra o espírito de qualquer um.

Mas, a natureza também conseguiu impor a sua presença de forma substancial, principalmente a Sul do país. Aqui localizam-se os picos nevados mais altos dos Andes, lagos azuis profundos, florestas e, claro, a incrível Patagónia. É a casa de pinguins, flamingos, baleias, rebanhos de guanaco e muitos mais animais que lhe farão ter uma perspetiva diferente sobre o planeta Terra.

3. Nepal

nepal - pixabayFonte: Pixabay / scvishnu7

O Nepal é um verdadeiro paraíso para os caminhantes, providenciando vistas incríveis para os Himalaias, para os templos dourados e para as encantadoras aldeias nas colinas, que parecem pequenos cogumelos vistos ao longe.

Mas, se prefere ver o Nepal de um modo mais refinado, pode passear pelas praças medievais de Katmandu, Patan e Bhaktapur, e, por que não, juntar-se a peregrinos budistas tibetanos, naquela que poderá ser uma viagem para elevar o espírito e a alma.
Aqui a vida selvagem da selva é uma das mais ricas do mundo. E com perspetivas tão diferentes para um único país, não é de surpreender que uma única viagem possa não ser suficiente para descobrir o que de melhor o Nepal tem para oferecer.

4. Colômbia

colômbia - pixabayFonte: Pixabay / ECproduction

O charme colombiano resume muitas maravilhas: os cumes andinos, a costa caribenha praticamente imaculada, selva amazónica, que pode ser tanto perigosa como enigmática, ruínas arqueológicas e comunidades coloniais empedradas.

Encantos mil de um país que oferece várias opções para os mais aventureiros: mergulho, escalada, passeios de jangadas, caminhadas e alguns dos percursos de trekking mais incríveis do mundo.

5. Peru

peru - pixabayFonte: Pixabay / LoggaWiggler

Falar no Peru torna inevitável à gloriosa cidadela inca de Machu Picchu, que representa um fragmento de uma história de mais de cinco mil anos de povos diferentes.

A rica herança cultural do Peru é apaixonante e isso torna-se ainda mais visível num qualquer festival que exalte as divindades antigas.

Mas, há muito mais para fazer: explorar os restos de Chan Chan, as maiores ruínas pré-colombianas de todas as Américas, visitar os enigmáticos geoglifos em Nazca, aventurar-se pelas florestas acidentadas que cercam a fortaleza de Kuelap e visitar os grandes museus de Lima.

6. Guatemala

guatemala - pixabayFonte: Pixabay / benbenjoe

Das ruínas em ruínas de Antigua à praça central da Cidade da Guatemala, há muitas oportunidades para ser feliz em Guatemala. E nem precisa de se cingir aos centros mais cosmopolitas. Mesmo nas cidades mais pequenas, é fácil encontrar motivos para eleger este como o destino das próximas férias: prédios pitorescos, catedrais históricas e várias atividades para os espíritos mais aventureiros.

Neste país existem muitas e boas rotas de trekking, que desafiam quase o bom senso, ao atravessar selvas e vulcões. Ou, então, fazer rafting, explorar cavernas que se estendem ao longo de vários quilómetros. E se isso ainda for adrenalina o suficiente, há sempre a possibilidade de fazer parapente sobre uma cratera vulcânica no Lago de Atitlán.

7. México

méxico - pixabayFonte: Pixabay / TheDigitalArtist

Selvas fumegantes, vulcões cobertos de neve, desertos sem fim e mais de dez mil quilómetros de costa com praias incríveis e lagoas ricas em vida selvagem, o México é uma aventura para os sentidos e a prova de que a vida ao ar livre faz mais sentido.

Aqui é inegável a influência hispânica, através da presença de alguns dos grandes monumentos arqueológicos do mundo, como as pirâmides de Teotihuacán, os templos maias de Palenque e praças com igrejas e mansões de pedra e, claro, os resquícios das obras de arte de Diego Rivera e Frida Kahlo, cuja história de amor ainda hoje faz correr muita tinta.

8. Sri Lanka

sri lanka - pixabayFonte: Pixabay / Poswiecie

O Sri Lanka é um pequeno paraíso quase escondido, muitas vezes atravessado por viajantes que o veem como o meio para um fim – nomeadamente a concorrida Índia. Mas, o cenário começa a alterar-se, já que o país está a avançar rapidamente à medida que mais e mais pessoas descobrem a miríade de encantos existentes e a preços bastante acessíveis.

A história, a cultura e a beleza natural do Sri Lanka são bastante atraentes e um dos lugares na Terra com mais classificações de Património Mundial da Unesco. São oito no total: Ancient City of Polonnaruwa (1982), Ancient City of Sigiriya (1982, Sinharaja Forest Reserve (1988), Golden Temple of Dambulla (1991), Old Town of Galle and its Fortifications (1988), Sacred City of Anuradhapura (1982), Sacred City of Kandy (1988) e Central Highlands of Sri Lanka (2010).

9. Marrocos

marrocos - pixabayFonte: Pixabay / Jonny_Joka

Marrocos é uma porta de entrada para África e a representação perfeita de um país de diversidade estonteante, com cordilheiras épicas, cidades antigas, desertos arrebatadores e um povo de uma calorosa hospitalidade.

Das dunas do Saara aos picos do Alto Atlas, o Marrocos poderia ter sido feito sob medida para os viajantes. Sem esquecer as cordilheiras Rif que levam aos oásis do Saara e que oferecem prazeres simples e de tirar o fôlego.

As cidades de Marrocos são algumas das mais emocionantes do continente africano e, muito provavelmente, do mundo, pela diversidade comercial, com mercados que oferecem experiências sensoriais únicas, com os novos designs urbanos – que parecem adivinhar o futuro – em harmonia com as raízes do passado.

10. Chile

chile - pixabayFonte: Pixabay / myeviajes

O Chile é uma terra de extremos, que se estende desde o meio até ao Sul do continente americano, albergando ao mesmo tempo o deserto mais seco da Terra e vastos campos glaciares.

Um país de diversas paisagens marcadas por dunas, vales férteis, vulcões, florestas antigas e fiordes, como representação das maravilhas de que a Natureza é realmente capaz, quando o homem não interfere em excesso.

A Post Office Travel Money é uma empresa que analisa serviços e resultados do ponto de vista do consumidor final, com o objetivo de se tornar num fornecedor confiável de serviços e informações, independentemente do país onde viva.

Veja também: