10 destinos obrigatórios para aventureiros

Mochila às costas e roupa confortável – só precisa disto para partir à descoberta dos 10 destinos obrigatórios para aventureiros.

10 destinos obrigatórios para aventureiros
Locais incríveis que não vai querer perder

Aventura, emoção e, claro, aprendizagem. Se escolher um dos 10 destinos obrigatórios para aventureiros, estas são as garantias que poderá ter. E como as propostas são tão distintas e variadas, o melhor mesmo é analisar a lista com calma e decidir qual o local que melhor combina consigo.

Dos mais difíceis caminhos, com longas e íngremes subidas, cheios dos mais diversos desafios, às mais fáceis e acessíveis, reunimos algumas rotas com paisagens incríveis em vários países do mundo, tão distintos quanto incríveis. Deixamos, contudo, um conselho: prepare não só a mochila, mas também o corpo, pois a resistência física é fundamental, nalguns casos.

Tudo valerá a pena, já que o mundo está cheio de destinos naturais incríveis e que conseguem agradar a todos os gostos. Entre destinos de verão, inverno, montanhas, oceanos, lagos e florestas, veja as opções imperdíveis de 10 destinos obrigatórios para aventureiros.

10 destinos que os aventureiros não pode perder

1. Badab-e-Surt, Irão

irao

Badab-e Surt é considerada com uma das maravilhas naturais do mundo e está situada na província de Mazandaran, no norte do Irão. O local consiste numa série de terraços escalonados feitos de travertino, uma rocha sedimentar de origem calcária formada ao longo de milhares de anos por deposição de minerais de carbonato dissolvidos em água. Tudo isto flui de fontes termais minerais.

2. Capadócia, Turquia

capadocia

Ficou conhecida com Alexandre, o Grande, embora só houvesse interesse na região pelas suas estradas, por onde fluía o comércio. É uma região de origem vulcânica cujas rochas foram erodidas pela água e pelo vento formando planícies lunares que se elevam em formações rochosas, de vários tamanhos, que se assemelham a cogumelos, também denominadas de “chaminés-de-fada”. Serviram de inspiração para os desenhos animados Smurfs.

3. Fly Geyser, Estados Unidos da América

geiserusa

O Fly Ranch Geyser, em Nevada, EUA, foi criado acidentalmente em 1916, durante uma perfuração de poços. Mas foi só na década de 1960 que o géiser começou a cuspir o líquido quente, cheio de minerais dissolvidos e bactérias, resultando na criação de uma montanha multicolorida que dispara jatos com mais de cinco metros de altura.

Mas este fenómeno só pode ser visto por um grupo restrito de pessoas, dado que o Fly Ranch Geyser está inserido numa propriedade privada, com visitas altamente controladas.

4. Parque de Hitachi, Japão

hitachi

Este parque é um dos destinos obrigatórios para os aventureiros mais românticos. É um verdadeiro paraíso de flores, cheias de cores vibrantes, que criam um cenário idílico. Independentemente da estação do ano, os visitantes são sempre recebidos por uma grande diversidade de espécies. A melhor altura para visitar é abril, momento que as flores brotam para o mundo.

5. Lençóis Maranhenses, Brasil

lencoisbrasil

Trata-se de um pequeno paraíso escondido no Nordeste do Brasil: os Lençóis Maranhenses são um dos principais destinos turísticos do Maranhão e ocupa uma área total de 156,5 mil hectares.

As dunas, que são muito frequentes nesta região, são formadas pela força dos ventos, que criam uma paisagem única e alteram constantemente a sua aparência. Pelo meio deste deserto gigante é ainda possível encontrar lagoas formadas pelo acumulação de água da chuva,

6. Lago Natron, Tanzânia

natron

O Lago Natron, na Tanzânia, é um dos locais mais serenos da África. Contudo as suas águas possuem um grande segredo: dada a sua composição química rara, ela mata e petrifica os animais que nela entram. Este lago possui um pH extremamente alcalino, que fica entre 9 e 10,5, sendo tão cáustica que pode queimar a pele e os olhos dos animais que não estão consigam adaptar.

A alcalinidade da água vem do carbonato de sódio e outros minerais, que correm para o lago a partir das colinas circundantes. A isto acrescenta-se a temperatura a água, que pode rondar os 40ºC.

7. Caves de Mármore, Chile

cavesmarmorechile

A Patagónia é uma das mais bonitas maravilhas do mundo e pelo meio dos seus mistérios, encontramos as Caves de Mármore. Tratam-se de grutas azuis, parcialmente submersas nas águas azul-turquesa do Lago Carrera, que faz fronteira entre a Argentina e o Chile. Se deseja conhecer este pequeno milagre da natureza, apresse-se, pois a sua existência encontra-se ameaçada com a potencial construção de grandes barragens.

8. Monte Roraima, Venezuela

roraima

Idílico, lendário, amaldiçoado, inatingível, misterioso. Poucos locais possuem tal onda de fábula e mistério como o Monte Roraima, de 2.739 metros, que irrompe abrupto da Floresta da Amazónia, como as falésias de uma ilha num oceano verde. Quase sempre oculto pela neblina, o topo é açoitado por vendavais.

9. Praia Vermelha de Panjin, China

praiavermelha

Nesta praia da China, encontra-se em abundância uma espécie de alga que começa a crescer entre abril e maio, permanecendo verde durante todo o verão. Mas a chegada do outono, traz a morte anunciada da alga e, com isso, a sua mudança de cor para vermelha.

A maior parte da Praia Vermelha é uma reserva natural e fechada ao público. Apenas uma pequena e remota seção está aberta para os turistas.

10. Campos de arroz, Indonésia

indonesia

Além de ter presença garantida no prato de quase todo indonésio, o arroz também é essencial para a economia do país. Prova disso mesmo é o facto de a sua área de cultivo cobrir aproximadamente 10 milhões de hectares em toda a Indonésia.

Estes terrenos são muitos ricos em água e o solo, de origem vulcânica, altamente fértil, que propiciam a plantação do arroz. Graças a isso, a Indonésia tornou-se um dos maiores exportadores mundiais deste alimento.

Os destinos obrigatórios para aventureiros abrangem opções mais arriscadas, outras mais míticas e outras mais misteriosas. Qual é o seu preferido?

Veja também: