AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Emigrar para o Luxemburgo: guia de preparação

Se está a pensar emigrar para o Luxemburgo comece já a tomar notas. Saiba como e onde encontrar casa ou trabalho. Não perca a nossa infografia no final do artigo.

Emigrar para o Luxemburgo: guia de preparação
Conheça alguns dos detalhes a ter em conta antes de se mudar para o Grão-Ducado.

O Luxemburgo é um pequeno estado situado na Europa Ocidental. Tem cerca de 500 mil habitantes e, cerca de 80 mil destes habitantes, são portugueses. A norte e a oeste, faz fronteira com a Bélgica, a sul com a França e a Leste, com a Alemanha.

Emigrar para o Luxemburgo não é tão simples quanto possa imaginar. Se pensa que pelo facto de grande parte da população ser de origem portuguesa vai ter o caminho facilitado, desengane-se. Para encontrar trabalho ou casa há uma série de requisitos que deve preencher. Ora veja.


Por que motivo devo procurar emprego e trabalhar no Luxemburgo?

A taxa de desemprego no Luxemburgo é uma das mais baixas do mundo e, tendo em conta que é um cidadão europeu, tem acesso a trabalho neste país, graças às condições de livre acesso da União Europeia.


Escolha uma língua

Para viver ou trabalhar no Luxemburgo é fundamental que esteja ciente da importância que a questão linguística assume. E não, não falamos apenas de uma barreira linguística perante a língua oficial, mas sim das três línguas oficiais. Ou melhor duas oficiais e uma nacional.
 
É verdade. No Luxemburgo são três as principais línguas faladas. Além do francês e do alemão, fala-se ainda o Luxemburguês. A mais requisitada é o francês, seguida do alemão e, por fim, do Luxemburguês.
 
Se está mesmo a pensar emigrar para o Luxemburgo é bom que se prepare para esta realidade e comece já a pensar investir num curso de línguas. Ter um bom domínio de pelo menos uma delas é essencial, mas o ideal é que esteja confortável em várias.
 
Parece-lhe exagerado? Então saiba que no Grão-Ducado é normal, já que o sistema de ensino fomenta a aprendizagem não só das línguas nacionais, mas também de línguas estrangeiras.
 
Se já está de malas aviadas e ainda não se “sente a patinar” no francês, relaxe. Quando estiver já em território Luxemburguês pode sempre procurar cursos. A oferta é variada e disponibilizada por associações portuguesas, a preços bastante acessíveis, ou ainda pelo Instituto Nacional de Línguas.
 

Trabalho para todos os gostos

Sejamos mais claros. Não será bem para todos os gostos, mas pelo menos vai poder optar por uma ampla variedade linguística. Confuso?! Nós esclarecemos.
 
Como dissemos anteriormente, no Luxemburgo são três as línguas faladas. Mas não é só. A estas podem somar-se o Inglês ou o Português, por exemplo (isto para não mencionar o Italiano também). Por isso não se surpreenda se ao “correr os olhos” pelos anúncios de emprego em território Luxemburguês lhe for exigida fluência nas três línguas oficiais e no inglês. Na maior parte dos casos, falar português (ou outra língua) pode ser até considerado uma mais-valia.
 

Arranjar emprego no Luxemburgo

Agora, resolvida a questão da língua há que passar à procura ativa de emprego. Veja alguns dos sites onde pode encontrar trabalho.
 
1. Adem (Centro de Emprego Luxemburguês)
2. Monster
3. Emprego.lu (site português de apoio) 
4. Lux Intérim
5. Yellow.lu
6. Jobs.lu
7. Jobfinder.lu
8. Stepstone
9. Rowlands International
10. Les Frontaliers
11. Randstad
12. Manpower
 
E porque os salários  também são importantes, saiba que o Luxemburgo encontra-se entre os países com os maiores salários mínimos da Europa, que está (obviamente) dependente do grau de qualificações e da idade. Só para ter uma ideia, para um trabalho que exija qualificações superiores, o salário médio ronda os 2200€ mensais; ao passo que para um trabalho não qualificado é de cerca de 1800€.


Salários

Se está a pensar emigrar e trabalhar no Luxemburgo vai gostar de saber que o salário mínimo, para um trabalhador qualificado, ronda os 2250€ e, para um individuo não qualificado, ronda os 1880€. Os jovens, com idades entre os 17 e 18 anos, recebem uma quantia que ronda os 1500€, enquanto que os jovens entre os 15 e os 17, uma remuneração de cerca de 1400€.


Casa… só com contrato

Dito de outra forma, se está a pensar emigrar para o Luxemburgo e quer encontrar um lugar para viver, tem duas hipóteses: ou aluga um quarto numa casa partilhada ou arranja um contrato de trabalho o mais rapidamente possível.
 
A verdade é que os proprietários ou as agências imobiliárias preferem contratos de arrendamento mais longos (no mínimo de 12 meses) e solicitam garantias, seja através do pagamento de cauções ou da apresentação do contrato de trabalho.
 
Por isso, se já tem contrato de trabalho tem a tarefa facilitada. Se não, opte por se alojar numa casa partilhada até reunir as condições ideais para procurar uma casa/apartamento só para si.
 
E se não sabia, fica a saber. O custo de vida no Luxemburgo é bastante elevado. E a habitação é a melhor prova disso. Os preços são muito elevados. A título de exemplo saiba que um estúdio (dependendo do imóvel e da localização) pode custar-lhe entre 700 a 1000€ por mês, valor a que acrescem depois as despesas adicionais, como água, luz ou internet.
 
Sejam quartos ou casas, pode começar a procurar nos sites seguintes:
1. atHome.lu
2. New immo
3. Immotop.lu
4. Habiter.lu
5. Good-Deals
6. Remax Luxembourg
 

Saúde e Segurança

A saúde e a segurança não serão as suas maiores preocupações, já que o país dispõe de bons serviços médicos e os índices de segurança são bastante bons.
 

Tenha atenção às questões burocráticas

Se quer emigrar para o Luxemburgo e a ideia é ir para ficar, informe-se junto das representações diplomáticas do Luxemburgo, em Portugal, para saber o que deve fazer quando pisar território Luxemburguês. Isto porque dependendo do tempo da sua estadia, deve comunicar a sua presença às entidades competentes.
 

Bom voyage et… 

Se está mesmo decidido a emigrar para o Luxemburgo prepara-se para ouvir falar português (praticamente) a cada passo que dê. É caso para dizer que quase pode sentir-se em casa.
 
Mas como já vem sendo repetido vezes (e vezes) sem conta: prepare-se! O sucesso depende de si.
 
… bonne chance!

infografia
  Facilite a sua vida fora do país - Curso de Inglês com 20 aulas gratuitas >>
Veja também: