10 erros a evitar na escolha do vestido de noiva

Tendo em conta a vasta oferta a que as noivas têm acesso, a escolha do vestido pode ser complicada. Veja os erros a evitar na escolha do vestido de noiva.

10 erros a evitar na escolha do vestido de noiva
Saiba quais os erros a evitar ao escolher o vestido de noiva

O coração da noiva ganha um palpitar especial assim que a sua mente viaja para o mundo dos vestidos de noiva: quer seja por se tratar de algo que faz parte dos seus maiores sonhos, quer seja por corresponder a uma tarefa que não se revela nada fácil.

Tendo em conta a vastíssima variedade e oferta a que as noivas têm acesso, a escolha pode mesmo tornar-se complicada, para além de alguns obstáculos que podem surgir ao longo do processo de seleção.

Assim, apresentamos-lhe 10 erros de vital importância e para os quais as mulheres que se preparam para entrar numa nova fase das suas vidas devem estar prevenidas e atentas.

Quais os erros a evitar aquando da escolha do vestido de noiva?


vestidos de noiva purezaCréditos: Vestido: Pureza Mello Breyner. Estilo, decoração, ideia e organização: Dream Weddings Europe

1. Colocar ansiedade à frente da racionalidade

É verdade que esta fase corresponde a um período de altos e baixos, no qual a noiva sonha, suspira e anseia pelo vestido de noiva escolhido, pelo que acaba por ter uma vontade incontrolável de experimentar o maior número de modelos.

De facto, esta corresponde a uma grande decisão, pelo que é perfeitamente justificável que o faça e que teste vários para chegar ao tipo de vestido que, realmente, realça a sua figura e silhueta.

Assim, recomendamos que não “salte” para uma decisão, sem que antes pondere muito bem sobre a mesma. Dedique algum tempo a perceber do que gosta verdadeiramente, para que depois não se arrependa nem esteja constantemente a interrogar-se se fez ou não a escolha mais acertada!

Dica: não deixe que a ansiedade se apodere de si. Escolha a loja que mais vai ao encontro do seu estilo, personalidade e essência; faça uma marcação, experimente e deixe-se envolver na magia dos vestidos de noiva, cerca de 6 meses antes do grande dia do casamento.

2. Escolher o primeiro vestido que adora

Existe uma infinidade de marcas e, consequentemente, uma quantidade de vestidos de noiva e modelos ainda maior. Assim, aconselhamos que não compre o primeiro vestido que considera que lhe assenta como uma luva.

Portanto, experimente, experimente e experimente vestidos de noiva, até ao momento em que esgotaram todas as suas hipóteses. Avance para a decisão quando estiver segura de qual é o corte, o tecido, a cor e tantos outros aspetos com que mais se identifica.

vestido noiva gio rodriguesCréditos: Gio Rodrigues

3. Descurar o seu orçamento no momento de comprar

Um dos aspetos mais importantes é nunca se esquecer do seu orçamento ao longo de todo o processo de decisão. É imprescindível muito bom-senso neste contexto e estar 100% consciente do valor que dispõe para apostar no seu vestido de sonho.

Assim, defina desde o início do atendimento que tem um valor específico que não pretende ultrapassar. Esta é uma forma de prevenir que se “apaixone” por um vestido que não vai de todo ao encontro do valor pré-estabelecido.

4. Deixar-se influenciar pela opinião de terceiros

É perfeitamente compreensível que esta seja uma fase na qual a opinião da sua mãe, das suas irmãs, melhores amigas e primas possa vir a assumir algum tipo de peso na sua decisão.

No entanto, o mais importante é que esteja confortável e feliz com a sua decisão. Por esta razão, coloque alguns limites às pretensões de todas as pessoas que a acompanham, pois este é o seu sonho!

vestido noiva pronoviasCréditos: Pronovias

5. Não respeitar o seu próprio estilo

No dia do seu casamento, seja exatamente a mulher que costuma ser no seu dia-a-dia. Se for uma pessoa simples e descontraída, opte por um modelo que assim o seja também.

Certamente, existem traços que a caracterizam fortemente, portanto, não há necessidade de os renovarem e de se tornar uma pessoa completamente diferente e nova.

Porquê criar a (mínima) possibilidade de um dia no futuro não se reconhecer e não se identificar com a mulher que foi num dos dias mais importantes da sua vida? Seja fiel a si mesma!

6. Não considerar o tecido com o qual o vestido é confecionado

Assim que sai da loja ou do atelier com aquele que será o vestido com o qual arrasará no dia do seu casamento, ele está brilhante, surpreendente e pronto a usar. No entanto, ao vesti-lo, ao ser abraçada constantemente no grande dia e ao longo do dia de tantas emoções, o tecido pode engelhar-se e a amarrota-se.

Isto pode acabar por se tornar um pouco desconfortável para a noiva, ao mesmo tempo que não fica no seu melhor estado para as fotografias que eternizarão a cerimónia.

Posto isto, não tenha medo de questionar os profissionais que a atendem sobre a qualidade do material usado, assim como do modo que o vestido “responderá” ao longo do dia de casamento. Seja assertiva consoante a resposta que obtiver.

vestido amor ais damourCréditos: Ais d’Amor Bride’s Closet

7. Esquecer-se de que o vestido faz parte de um todo

Rendas, folhos, pedrarias, lantejoulas, costas abertas com cauda longa, decote… No meio de tantos pormenores, existirá “espaço” para uns sapatos de noiva belíssimos? Ou para aqueles brincos brilhantes que tanto anseia usar? A resposta é negativa.

Aquando da escolha do vestido de noiva, tenha sempre em mente que “menos é mais”, pois é a máxima que melhor se aplica a esta situação.

8. Desvalorizar o seu conforto

Belíssimo vestido: check! Contudo, é importante ter a certeza de que se sente 100% confortável com o vestido no seu corpo: se as varetas não a magoam, se não a aperta demasiado, que a impossibilita de dançar…

Assim, para além de ser o vestido dos seus sonhos, certifique-se de que, também, lhe proporciona conforto. Para tal, tire algum tempo para se sentar, para se mexer, pois irá ficar sempre com uma noção concreta daquilo que espera no dia do casamento.

vestido noiva purezaCréditos: Pureza Mello Breyner. Fotografia: Aguiam Wedding Photography

9. Não ser realista com o espelho

O corpo da noiva apresenta uma forma e uma silhueta que é favorecida com determinados modelos, enquanto que existem outros cortes que não assentam tão bem. Este é um aspeto que não deve ser, de modo algum, descurado.

Portanto, seja capaz de se olhar ao espelho e perceber que um determinado vestido de noiva não lhe fica bem, da mesma forma que o faria com uma peça de roupa do seu dia-a-dia.

10. Não considerar a data do casamento assim como o ambiente

É extremamente importante que as noivas escolham um vestido que vá ao encontro do espaço que escolheram como palco para o grande dia. Por outras palavras, se está a planear um casamento na praia, não deverá optar por um vestido exageradamente pesado! Da mesma forma, é também crucial que a estação do ano seja tida em conta.

Veja também: