Publicidade:

Conheça as horas médias de trabalho semanal por área de atividade

Saiba qual a duração média semanal do trabalho por atividade económica, em Portugal, de forma geral e tendo em conta o sexo.

Conheça as horas médias de trabalho semanal por área de atividade
Conheça a duração média semanal do trabalho por atividade económica

Duração média semanal do trabalho por atividade económica: quer saber mais sobre o panorama nacional? Apresentamos-lhe dados relativos a este tema, para que tenha conhecimento do tempo de trabalho semanal de diferentes atividades económicas, em Portugal.

Descubra, pois, a duração média semanal do trabalho por atividade económica, no nosso país, tendo como referência a evolução do ano de 1983 para o ano de 2016, e ainda analisando a diferença entre a média de horas de trabalho semanal referente a homens e a mulheres. Os dados são do PorData.

Análise de dados por atividade económica

1. Agricultura e Pesca

A duração média semanal do trabalho nesta atividade económica era de 40h, passando para 33.7h. Neste âmbito, os homens trabalhavam 42h, evoluindo para 35.5h. Já as mulheres passaram de 35h para 30.2h.

2. Indústria

Considerando a duração média semanal do trabalho por atividade económica, constata-se que, relativamente à Indústria, era de 39h, passando para 35.3. No que se refere aos homens, a média passou de 40h para 36h. Quanto às mulheres, houve uma evolução de 36h para 33.9h.

3. Comércio

No setor do Comércio, a duração média semanal do trabalho era de 39h, evoluindo para 35.6h. Analisando, em particular, o sexo masculino, os homens passaram de uma média de 40h para 37.6h. Tendo como foco o sexo feminino, a duração média do trabalho sofreu uma evolução de 36h para 33.6h.

4. Banco e Seguros

O trabalho no setor dos Bancos e Seguros iniciou com uma média semanal de 33h, aumentando para 35.9h. Neste setor, quanto aos homens, houve um aumento de 34h semanais para 37.1h. A tendência de aumento de horas de trabalho semanal verificou-se também nas mulheres, que passaram, em média, de 31h para 34.4h.

5. Administração Pública, Educação e Saúde

Nestes setores, a média de horas semanais correspondia a 33h, diminuindo para 32.6h. Tendo estes campos em consideração, a média de trabalho semanal dos homens passou de 37h para 34.1h. No que concerne às mulheres, o trabalho médio semanal passou de 30h para 32h.

horas de trabalho

A partir dos dados que apresentamos, podemos verificar que, de uma forma geral, a duração média semanal do trabalho por atividade económica, no que se refere aos setores de Agricultura e Pesca, Indústria, Comércio, e Administração Pública, Educação e Saúde, teve, de 1983 para 2016, uma diminuição. A única exceção prende-se com o setor de Banco e Seguros, em que a média semanal de trabalho aumentou.

A mesma tendência se verifica, em particular, relativamente ao sexo masculino. No entanto, há uma ligeira diferença no que diz respeito ao sexo feminino. Efetivamente, as mulheres viram a sua média semanal de trabalho diminuir nos setores de Agricultura e Pesca, Indústria e Comércio. Contudo, constata-se um aumento da média de horas de trabalho semanal, não só no setor de Banco e Seguros, mas também no setor de Administração Pública, Educação e Saúde.

Veja também:

Catarina Mesquita Catarina Mesquita

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, Pós-Graduada em Linguística Portuguesa e Mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares, possui experiência de mais de quinze anos ao serviço da educação, da tradução e da escrita.