AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Impulso Jovem: tudo o que deve saber

O Governo Português criou uma medida para apoiar jovens que estão a entrar no mercado de trabalho. Saiba tudo sobre o Impulso Jovem – Garantia Jovem.

Impulso Jovem: tudo o que deve saber
O que é e a quem se destina?

O Impulso Jovem, ou Garantia Jovem, é uma medida do Governo Português em resposta à elevada taxa de desemprego dos jovens. De acordo com as suas preferências e necessidades, a Garantia Jovem oferece várias oportunidades ao nível da participação em medidas de ensino, formação e emprego.

Se ainda está indeciso em relação ao que fazer quanto ao seu futuro profissional, a Garantia Jovem também pode ajudá-lo. Existe uma rede de parceiros perto de si que pode apoiá-lo nas suas escolhas. 
Fique a conhecer os apoios de que pode beneficiar!


Impulso Jovem: o quê e para quem?

O Impulso Jovem é um conjunto de medidas de apoio lançadas com o compromisso que, no prazo de 4 meses após o jovem sair do sistema de ensino ou do mercado de trabalho, lhe seja feita uma oferta de emprego, de formação profissional, de continuação dos estudos ou de estágio.

Esta iniciativa tem como objetivo dar aos jovens uma oportunidade para apostar na sua qualificação e estar em contacto com o mercado de trabalho, com vista a combater a inatividade e o desemprego. Assim, pode beneficiar das medidas de apoio do Impulso Jovem quem:
  • Menos de 30 anos 
  • Não está a trabalhar
  • Não está a estudar, em formação ou em estágio

Por outras palavras, em Portugal, a Garantia Jovem vai apoiar os jovens até aos 29 anos (inclusive), que não estão nem a trabalhar nem inseridos no sistema educativo e formativo. Poderá consultar toda a legislação de enquadramento da Garantia Jovem em Portugal - Resolução de Conselho de Ministros n.º 104/2013, de 31 de dezembro.
 

Principais objetivos do Impulso Jovem

A Garantia Jovem tem 3 grandes objetivos:
  • Aumentar as qualificações dos jovens
  • Facilitar a transição para o mercado de trabalho
  • Reduzir o desemprego jovem
 

Como se pode beneficiar deste apoio?

Para participar numa das medidas da Garantia Jovem, os jovens que não se encontrem integrados nem no sistema de educação e formação nem se encontrem inscritos nos serviços de emprego do IEFP podem:
  • Registar o seu pedido de contacto no portal da Garantia Jovem
  • Dirigir-se a uma das entidades parceiras que asseguram a resposta pretendida

Na Garantia Jovem estão envolvidos diversos organismos que actuam nas áreas da educação, formação, emprego, segurança social e juventude, tais como:
  • Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P.
  • Instituto da Segurança Social, IP
  • Direção-Geral da Educação
  • Direção-Geral do Ensino Superior
  • Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, IP
  • Instituto Português do Desporto e Juventude, IP
  • INA – Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas
  • Direção-Geral de Política Externa
  • AICEP PORTUGAL GLOBAL, Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, EPE
  • Direção-Geral das Autarquias Locais
  • CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social

 

O que acontece após o pedido de contacto no portal?

O contacto é respondido através do email ou do telefone por uma das entidades parceiras, com o objetivo de recolher mais informações sobre as características e os interesses do jovem, para o encaminhar para a solução mais adequada. Saiba mais sobre o Impulso Jovem. Dois minutos chegam para concorrer ao emprego dos seus sonhos >>

Veja também: