Lista de tarefas domésticas para os filhos, por idades

Para potenciar a independência e sentido de responsabilidade das crianças, confira aqui a lista essencial de tarefas domésticas para os seus filhos.

Lista de tarefas domésticas para os filhos, por idades
O que eles podem fazer para ajudar, a partir dos 2 e até aos 14 anos

Eacute; frequente os pais questionarem-se sobre as melhores tarefas domésticas para os filhos, em função da faixa etária em que se encontram. Afinal, todos sabemos que ajudar em casa é essencial para desenvolver o espírito de independência e o sentido de responsabilidade tão necessários à vida adulta. E quanto mais cedo os iniciar nestas lides, melhor e mais fácil será no futuro.

No entanto, antes de avançar em força com este projeto, convém saber exatamente o que as crianças podem fazer em cada uma das idades por que passam. Assim, no sentido de o ajudar a implementar esta ideia, potenciando a participação dos pequenos na vida do lar, apresentamos uma lista definitiva de todas as tarefas domésticas para os filhos. 
 

Lista, por idades, das tarefas domésticas para os filhos


Dos 2 aos 3 anos

Nesta fase, interessa apenas habituá-los a participar, estimulando a ideia de que colaborar na arrumação e limpeza é não só essencial, mas também divertido. Dado que, com tão tenra idade, as crianças atrapalham mais do que ajudam, vai ter mesmo de ter muita paciência e encarar todas as tarefas como uma atividade a ser feita a dois.

Eis as tarefas domésticas para os filhos, dos 2 aos 3 anos:
  • Arrumar e guardar os seus brinquedos e livros;
  • Ajudar a fazer a sua cama;
  • Ajudar a tirar a própria roupa e colocar as peças sujas dentro do cesto para lavar;
  • Ir buscar peças de fruta e/ou outros snacks acessíveis;
  • Retirar o seu copo, prato e talheres da mesa;
  • Limpar a comida espalhada e bebidas entornadas;
  • Colocar o lixo no caixote;
  • Limpar o pó de móveis baixinhos;
  • Varrer espaços pequenos com vassourinha apropriada à idade;
  • Ajudar a alimentar eventuais animais de estimação.


Dos 4 aos 5 anos

Nesta fase, as crianças ganham um pouco mais de autonomia, podendo já fazer as tarefas referidas acima sem grande supervisão (apesar de ser conveniente manter sempre um olho em cima delas...). Além disso, o seu desejo de aprender e evoluir intensifica-se, pelo que podem ser acrescentadas várias novas tarefas à listagem anterior.

Eis as novas tarefas para crianças dos 4 aos 5 anos:
  • Guardar a sua roupa e sapatos nas gavetas e armários apropriados;
  • Auxiliar na preparação das refeições (lavar legumes, mexer misturas, etc.);
  • Ajudar a pôr e a levantar a mesa das refeições;
  • Ajudar a arrumar as compras do supermercado;
  • Passar a esfregona, com a ajuda de um adulto;
  • Regar eventuais plantas.


Dos 6 aos 8 anos

Com esta idade, há a hipótese de os seus filhos deixarem de achar divertido ajudar em todas as tarefas domésticas. Importa realçar-lhes que a sua colaboração é imprescindível e não negociável, estimulando um ponto que eles realmente valorizam: a independência. Assim, a ideia é atribuir-lhe atividades que eles consigam realizar completamente sozinhos.

Além das tarefas domésticas já referidas, que também devem passar a ser feitas sem a colaboração de adultos, eis as novas atividades a atribuir a crianças dos 6 aos 8 anos:
  • Separar a roupa suja por cores e tecidos;
  • Estender a roupa para secar, apanhando-a depois de seca;
  • Dobrar e arrumar a roupa limpa;
  • Lavar, limpar e arrumar a loiça;
  • Além de fazer a cama, arrumar todo o quarto;
  • Aspirar a casa.


Dos 9 aos 10 anos

Nesta fase, pode começar a dificultar o nível das atividades de casa em que as crianças podem e devem participar.

A acrescer a todas as anteriores, eis as novas tarefas domésticas para os filhos, agora dos 9 aos 10 anos:
  • Trocar a roupa da sua cama, uma vez por semana;
  • Preparar refeições simples;
  • Lavar e limpar o lava-loiça;
  • Ajudar a fazer lista de compras do supermercado.


Dos 10 aos 12 anos

Com esta idade, as crianças já são perfeitamente capazes de assumir as suas responsabilidades e desenvolver as tarefas domésticas de forma autónoma. O que importa nesta fase é estabelecer uma rotina a cumprir, além de realçar as consequências inerentes a não cumprir aquilo que ficou definido. Como estímulo, sublinhe a independência que já conquistaram e a capacidade de desenvolverem tarefas habitualmente realizadas por adultos.

Eis as novas tarefas a acrescentar à lista anterior, para crianças dos 10 aos 12 anos:
  • Colocar e lavar a roupa na respetiva máquina;
  • Limpar e secar o fogão;
  • Lavar as casas de banho;
  • Levar o lixo para o contentor;
  • Ajudar a lavar o automóvel de família;
  • Trocar lâmpadas fundidas.


Dos 12 aos 14 anos

Já a entrar na adolescência, as crianças destas idades são mais do que capazes de realizar praticamente todas as tarefas domésticas.

Assim, eis o que pode acrescentar à já enorme lista que temos vindo a construir:
  • Ajudar a cuidar de irmãos mais novos;
  • Fazer comprar em lojas próximas de casa (sempre e só se for seguro).

Quando analisar esta lista de tarefas domésticas para os filhos, tenha presente que a ideia não é que eles façam tudo o que está previsto na mesma: o que se pretende é estabelecer uma rotina, determinando exatamente quais as que vão ficar a seu cargo dentro da estrutura familiar. À medida que a idade vai avançando e que as tarefas aumentam o grau de dificuldade, lembre-se apenas de elogiar e estimular os avanços das suas crianças: sabe bem e funciona mesmo! Boa sorte!
Seguro de Vida com Proteção para Doenças Graves >> Veja também: