Os 10 livros estrangeiros que as mulheres devem ler antes dos 40

De romances juvenis a obras de relevo para o feminismo, há de tudo nesta lista de livros estrangeiros que as mulheres devem ler antes dos 40.

Os 10 livros estrangeiros que as mulheres devem ler antes dos 40
São 10 livros importantes para qualquer mulher

Gosta de biografias? E de romances? E de livros cómicos? Há opções para todos os gostos nesta lista de 10 livros estrangeiros que todas as mulheres devem ler antes dos 40 anos. Para se conhecerem melhor, para acreditarem que um mundo igual é possível e para esquecerem as preocupações do dia a dia…

Livros que as mulheres devem ler antes dos 40: 10 sugestões

Are You There God? It’s Me, Margaret
de Judy Blume

Margaret é uma rapariga de 12 anos que, como muitas outras espera ansiosamente pela chegada da menstruação – e de tudo o que isso engloba, como um peito maior e a sensação de se ser uma mulher de plenos direitos.

O Diário de Anne Frank
de Anne Frank

Durante dois anos, Anne Frank registou a vida de uma adolescente escondida da Segunda Guerra Mundial. O livro foi publicado em 1947 e é, ainda hoje, um dos livros que as mulheres devem ler antes dos 40 anos. As mulheres e os homens, claro.

Americanah
de Chimamanda Ngozi Adichie

Ifemelu e Obinze apaixonam-se na adolescência e durante uma ditadura militar na Nigéria. Ifemelu vai estudar para os Estados Unidos da América e Obinze, que tencionava juntar-se a ela mais tarde, vê-se impedido de o fazer numa América pós-11 de Setembro. Anos mais tarde reencontram-se numa Nigéria diferente. Americanah é uma história contada por uma das grandes figuras literárias atuais, que aborda temas como a raça, a solidão, o amor e a identidade.

livros

Vagina
de Naomi Wolf

Um livro cujo título foi censurado pela loja da Apple e a capa pela Amazon tinha mesmo de ser escrito. E tem mesmo de ser lido por todas as mulheres antes dos 40. Fala da cultura feminista e dos assédios machistas da história, fala da mulher num todo, a forma como são entendidas, o seu desejo sexual e até a sua criatividade. Mas vai Naomi Wolf vai mais longe e defende que o órgão sexual feminino tem uma ligação direta à consciência de cada mulher.

A Dávida
de Toni Morrison

Toni Morrison foi a primeira mulher negra a receber o Prémio Nobel da Literatura, em 1993. A Dádiva é, só por isto, um dos livros que as mulheres devem ler antes dos 40. Além disso, é um romance que se passa na América do século XVII, uma América com grandes divisões sociais e religiosas e preconceitos que fundamentavam o ódio racial.

Bossypants
de Tina Fey

Depois de ser questionada vezes sem conta sobre o grau de piada de uma mulher, Tina Fey lançou uma obra autobiográfica onde conta algumas situações caricatas da sua já longa carreira como comediante. Tina Fey foi a primeira guionista feminina do programa de comédia Satuday Night Live e o seu livro esteve durante cinco semanas no primeiro lugar da lista de Melhores Vendas do The New York Times.

livros

Comer, Orar, Amar
de Elizabeth Gilbert

Jornalista da GQ e da SPIN, com uma carreira de sucesso e com 34 anos, Elizabeth apercebe-se que ser mãe e partilhar uma casa nos subúrbios nova-iorquinos são etapas que não fazem parte do seu plano de vida. Parte, em vez disso, para uma viagem de um ano onde passará pelo dolce far niente italiano, pela calma espiritual da Índia e pelas paixões da Indonésia. Percebe-se facilmente o porquê de estar nesta lista de livros que as mulheres devem ler antes dos 40 anos.

Carta à Minha Filha
de Maya Angelou

Esta obra de Maya Angelou pode ser descrito como um livro de memórias, um livro de poesia ou até uma coletânea de várias histórias. É um livro dedicado à filha que nunca teve onde dá lições de solidariedade e força e não deixa de parte o amor e o sexo. Pela emoção das histórias, é um ótimo livro para qualquer mulher ler antes de chegar aos 40.

Mulherzinhas
de Louisa May Alcott

Qualquer mulher que tenha crescido com irmãs vai rever-se nesta obra de Louisa May Alcott. Conta a história de quatro irmãs – Meg, Jo, Beth e Amy – que veem o pai partir para a guerra.

livros

O Segundo Sexo
de Simone de Beauvoir

Esta obra de Simone de Beauvoir foi lançada há mais de 50 anos e os temas de que a autora fala continuam atuais: as desigualdades entre homens e mulheres. Esta obra fundamental do Feminismo tem dois volumes que todas as mulheres devem ler antes de chegarem aos 40.

Veja também: