As maravilhas da natureza mais estranhas do mundo

Na natureza nada morre, tudo se transforma e as maravilhas da natureza mais estranhas do mundo são a prova disso mesmo.

As maravilhas da natureza mais estranhas do mundo
Conheça as maravilhas mais estranhas da natureza

Conheça as maravilhas da natureza mais estranhas do mundo. Desde grutas a lagos e rios coloridos, ou mesmo formações em pleno deserto, surpreenda-se pela ação da erosão, que tornou alguns locais já de si maravilhosos, em lugares ainda mais incríveis e raros.

Na verdade, maravilhas da natureza há muitas, mas as mais estranhas podem e têm explicação. Nunca se esqueça que a unidade de tempo em geologia é o milhar de ano, e num milhar de anos, muitas maravilhas foram se formando e muitas outras se formarão!

Conheça as maravilhas da natureza mais estranhas do mundo

Grutas Marble, Chile

grutas marble no chileFonte da imagem: Getty Images

Também considerada como uma das grutas mais bonitas do mundo pela revista de viagens de referência Condé Nast Traveller, estas grutas são o resultado de 6 mil anos de erosão das ondas, que lhes facultou o padrão da ondulação e que lhes atribuiu este efeito de mármore, que acaba por ser realçado pelo reflexo da água do mar.

Atualmente, esta área encontra-se ameaçada por um projeto para a construção de uma barragem próxima, contudo, por enquanto, os visitantes podem alugar um caiaque e visitar uma das maravilhas da natureza mais estranhas, em dias de águas mais calmas.

Lago Retba, Senegal

Lago Retba no senegalFonte da imagem: fun inventors

A cor rosa deste lago faz as maravilhas dos visitantes, e a cor não é fruto de nenhum tingimento nem de produtos tóxicos!

A cor é causada por um tipo particular de algas chamado Dunaliella que produz um pigmento de cor rosada. Este género de alga é muito comum em lagos salgados, sendo que este lago não é exceção! O teor de sal é extremamente alto, atingindo 40% em alguns pontos e permitindo que as algas prosperem.

Sahara el Beyda, Egito

Sahara el Beyda no egitoFonte da imagem: Patras Events

O Oásis de Farafra, situado no Egito, no deserto da Líbia, a 300km do vale do rio Nilo, tem como maior atração geográfica o seu Deserto Branco, mais conhecido como Sahara el Beyda.

O Sahara el Beyda é composto por rochas brancas com formas estranhas e tamanhos diversos que se erguem ao longo de 28 km de deserto no norte da cidade de Farafra, na zona oeste do Egito.

A sua aparência resultou da erosão provocada pelo vento, mas podia ser criação de algum escultor de renome, neste caso a escultura é mesmo da autoria da Mãe Natureza.

Rio Caño Cristales, Colômbia

rio cano

Situado no Parque Nacional Serranéa de la Macarena, no centro da Colômbia, o Rio Caño Cristales já inspirou turistas a dar-lhe diversos apelidos, como o Rio das Cinco Cores, o Arco-íris Líquido e ainda o Rio Mais Bonito do Mundo.

Como sendo uma grande atração local, convém visitá-lo numa época em que as cores deste curso de água estejam na sua plenitude, que é geralmente entre os meses de julho e dezembro. Durante esta época, observará um caleidoscópio de cores.

Este arco-íris de cor resulta de uma planta aquática, designada macarenia clavigera, quando em contacto com uma quantidade abundante de sol.

Estrutura de Richat, Mauritânia

Estrutura de RichatFonte da imagem: Toplist.v

A Estrutura de Richat, também apelidada de “Olho da África”, é uma enorme depressão de estrutura circular situada próxima a Ouadane, na Mauritânia, no meio do deserto do Saara.

Esta é uma das maravilhas da natureza mais estranhas que é visível a partir do espaço e que tem sido um marco para os astronautas desde as primeiras missões.

Muitas serão as teorias alienígenas em torno da formação desta estrutura circular, mas a sua criação surgiu pela ação do vento, que corroeu as diferentes camadas de sedimentos em diferentes profundidades.

Caverna dos Cristais, Chihuahua, México

Caverna dos Cristais no méxicoFonte da imagem: Fishki

Descoberta apenas em 2000, esta caverna pode alcançar até 150°C e tem quase 100% de humidade, condições nas quais nenhum ser-humano sobreviveria, aliás, ficar mais de 10 minutos nesta caverna, sem usar o equipamento apropriado pode provocar insolações.

A Caverna dos Cristais, situada na mina de Naica, no estado mexicano de Chihuahua, chama a atenção pelos seus cristais opacos de gesso, que tiveram cerca de 500.000 anos para se desenvolverem nas condições ideais, como água quente estabilizada nos 50°C.

Esta alta temperatura não vem do nada, pois estes cristais que brotam em todos os ângulos, encontravam-se submersos por água aquecida de uma câmara de magma situada abaixo desta caverna.

The Wave, Coyote Buttes, Arizona e Utah, EUA

the waveFonte da imagem: orangesmile.com

Por ação do vento e da chuva, formou-se esta espécie de onda em arenito, um dos locais mais fotografados no oeste americano.

Se quer fazer uma caminhada por esta estranha maravilha da natureza, terá que requerer uma licença! Opcionalmente poderá embarcar numa visita guiada ao The Wave.

Veja também: