Publicidade:

Estes são os melhores cafés do mundo

Há quem não passe sem o seu café, certo? Ora, se é um dos adeptos fiéis desta bebida, vai gostar de saber que estes são os melhores cafés do mundo.

Estes são os melhores cafés do mundo
Energia em estado líquido

De acordo com a Coffee Review, organismo estabelecido em 1997 que analisa centenas de marcas desta bebida tão apreciada, fomos perceber quais os 5 melhores cafés do mundo. Oriundos de diferentes países e com características bem diferentes, todos eles são considerados alguns dos melhores cafés em todo o mundo.

O melhores cafés do mundo: 5 de consumo obrigatório


Ethiopia Dry-Processed Guji Mt. Kayon

Complexo e frutado. No palato, sente-se uma espécie de morango maduro, chocolate escuro, incenso, pimenta rosa, e rum envelhecido. Tudo isto num só café! Originário da Etiópia, este é um dos melhores cafés do mundo que tem de experimentar pelo menos uma vez na vida. De estrutura forte e com alguma acidez, deixa uma sensação na boca delicada e suave.

Os cafés do sul da Etiópia são produzidos a partir de variedades cultivadas há muito tempo na região e como praticamente todos os cafés desta região, este café é produzido por aldeões e de forma totalmente artesanal. Tem a particularidade de ser seco ao “natural”, o que significa que os feijões foram secos no interior do fruto.

Aroma: 9
Acidez / Estrutura: 9
Corpo: 9
Sabor: 9
Origem: Etiópia
Preço: 30€ / 100 g

cafe 5

Ethiopia Banko Gotiti

Novamente, um dos melhores cafés do mundo tem origem na Etiópia, desta vez na parte sul do país. Com travo de mel, framboesa seca, trufa de chocolate, rum envelhecido e uma pitada de manjericão, este café tem uma estrutura suculenta e uma acidez brilhante e vibrante. Este café é também seco ao natural e o seu cultivo é certificado pelo Comércio Justo, o que significa que foi comprado a pequenos agricultores pequenos a um preço “justo” ou economicamente sustentável.

Origem: Etiópia
Aroma: 9
Acidez / Estrutura: 9
Corpo: 9
Sabor: 9
Preço: 15€ / 300 g

cafe 2

Panama Auromar Estate Geisha Peaberry

Voamos agora até ao Panamá onde encontramos mais um dos melhores cafés do mundo. Muito floral, com notas de jasmim, incenso, cardamomo, caramelo e damasco, este café tem uma estrutura equilibrada e doce e deixa uma sensação na boca aveludada. Produzido a partir de árvores raras com feijões alongados, o café da variedade Geisha continua a ser um dos cafés mais exclusivos do mundo. Este café é feito inteiramente a partir de um tipo de feijão, o ‘peaberrie’, que consiste num único feijão isolado, em vez de haver vários acoplados.A má notícia é que este café está praticamente esgotado e é dificílimo encontrá-lo.

Origem: Panamá
Aroma: 10
Acidez / Estrutura: 9
Corpo: 9
Sabor: 9
Preço: 45€ / 200g

cafe

Panama Finca Hartmann Geisha Natural

Este café é bastante semelhante ao anterior, mas conta com as especificidades necessárias para entrar isoladamente para o top dos melhores cafés do mundo. Delicado, profundamente doce e complexo, este tipo de café oferece um travo de cacau torrado, incenso, amêndoa e frutas tropicais. Produzido a partir dos feijões exclusivos ‘peaberrie’, com um toque florar e crocante muito específico, este café é, sem dúvida, um café obrigatório.

Origem: Panamá
Aroma: 9
Acidez / Estrutura: 9
Corpo: 9
Sabor: 9
Preço: 50€ / 300g

cafe 3

Mini-Me Washed Kaffa Forest

E assim termina o top 5 dos melhores cafés do mundo: com uma produção oriunda da Etiópia. Este café é intenso, com nuances de chocolate, frutos e flores – narciso, tarte de cereja e sândalo. O sentido de boca é muito rico e único e o seu acabamento com muita estrutura. O Mini-me expressa uma grande complexidade e intensidade aromática, e funciona muitíssimo bem juntamente com leite, para a preparação de capuccinos, por exemplo.

Origem: Etiópia meridional
Aroma: 9
Corpo: 9
Sabor: 9
Preço: 10€ / 100g

Veja também: