Os melhores destinos para viajar em novembro

Viajar em novembro é partir à descoberta de novos locais com temperaturas amenas e com algo garantido: a criação de memórias irrepetíveis!

Os melhores destinos para viajar em novembro
Da Europa à América do Sul – escolha o seu destino preferido

Os adeptos de viajar em novembro encontram neste período várias alternativas tão diferentes quanto bonitas, que vão encher a imaginação de paisagens paradisíacas e as memórias com momentos especiais.

Da Europa à América de Sul, passando pelo continente asiático as nossas propostas para viajar em novembro vão de encontro aos interesses mais ecléticos que possa ter. Confira tudo e depois diga-nos qual o seu local preferido.


Viajar em novembro: os 7 melhores destinos


Atenas, Grécia

atenas

Atenas é, provavelmente, a cidade com mais história em todo o mundo. Uma cidade mágica, que é tanto adorada por deuses como por humanos e é conhecida por ser o berço da civilização e o local onde nasceu a Democracia. 

Atenas é uma cidade de diferentes realidades. Basta um passeio pelo triângulo histórico de Plaka, Thission, Psyri e pelos bairros antigos, para ser testemunha disso mesmo. As mansões antigas convivem com centros comerciais e pequenas lojas de bairro, restaurantes de luxo e tabernas tradicionais. E de forma harmoniosa, todos têm o seu lugar na cidade.

Não pode deixar de visitar a Praça Syntagma, onde ficam situados o Parlamento e a maioria dos ministérios – o coração de Atenas. 
A capital grega é ainda famosa pela sua vida noturna, da qual destacamos os populares “bouzoukia”, os clubes noturnos da capital grega e líderes do entretenimento ateniense. Temperatura média: 13º


Dormir em Atenas >>



Cairo, Egito

cairo

Quem pensa que o Egito se resume a antigas pirâmides e relíquias está muito enganado. A cidade do Cairo é bem movimentada e dona de ruas caóticas que tornam o destino o oposto do que espera por si no deserto, sendo, actualmente um dos locais de viagem mais procurados do mundo. São milhares de anos de história e monumentos que ainda se mantêm erguidos, como se desafiassem as regras do tempo e da humanidade.

Visite Gizé, onde estão as grandes pirâmides de Quéops, Quéfren e Miquerinos, além da Grande Esfinge. E aproveite para fazer as suas compras no gigante mercado de Khan-El-Khakili, onde é possível encontrar quinquilharias e preciosidades. Mas lembre-se: aqui não negociar o preço até à exaustão é quase um insulto. 

Esta é uma cidade dinâmica, cheia de restaurantes, lojas e hotéis, alguns com vista para o rio Nilo, onde as mesquitas ocupam lugar preponderante na sociedade, não só pelo impacto da religião, mas também do ponto de vista arquitetónico. E é inevitável deixar-se absorver pelo fervor religioso: em determinados momentos do dia ouve-se o muezim – responsável pelo aviso dos muçulmanos à oração e que ecoa por toda a cidade. Tudo para nestes breves períodos de oração. 

Apesar de ser uma cidade quente, as noites no Egito são frias, por isso, saia sempre acompanhado de um casaco. Temperatura média: 15º


Dormir no Cairo >>



Calcutá, Índia

calcutá

Calcutá é uma cidade voraz, mas de muito charme. Cafés e restaurantes da Park Street são famosos pelo requinte, numa tentativa de reproduzir as decorações e performances dos cafés europeus é pertinente, ainda que o façam de modo bem mais simples.  

Calcutá não é o mais popular destino do país e está longe de receber tantas visitas quanto Agra - onde está o Taj Mahal, Goa - província de colonização portuguesa e famosa pelas praias, ou Rajastão - a Índia dos palácios e tantas vezes publicitada pelo turismo, e por isso está menos acostumada a ver alguém de fora. Contudo, não hesite em pedir para tirar fotos dos e com os locais, eles adoram! Temperatura média: 19º



Antália, Turquia

antália

A cidade de Antália é a capital da província com o mesmo nome e é onde estão localizadas algumas das melhores praias da Europa, sendo um dos destinos mais procurados na bacia do mediterrâneo durante o verão. Mas a riviera turca não é só praias, sendo também considerada uma zona muito rica em história e cultura.

A cidade velha de Kaleiçi com as suas magníficas ruas estreitas e sinuosas, está integrada nas antigas muralhas da cidade, onde se encontram os edifícios históricos. Tem de experimentar entrar pela cidade pelo imponente arco construído pelo imperador Adriano – vai mesmo ficar impressionado. Antália tem também um excelente museu de arqueologia e um grande número de edifícios históricos e antigas ruínas, como a Torre do Relógio ou a Torre Hidirlik.

A religião é parte importante do dia-a-dia da cidade. Há inúmeras mesquitas construídas em diferentes épocas e com uma decoração variada e vistosa, das quais se destaca a Mesquita do Minarete de Kesik, um dos prédios mais antigos da cidade, que mostra os estilos das diferentes épocas durante as quais foi construído o templo.

Para desfrutar de um copo no final do dia ou deliciar-se com um bom jantar, não faltam opções, com vista para o mar e onde poderá provar as iguarias da região. Temperatura média: 15º


Dormir em Antália >>



Almeria, Espanha

almeria

A Província de Almeria situa-se na parte Este da Andaluzia e é uma cidade calma, tranquila, encantadora, com um mar cristalino, limpo e quente e as praias mais longas da região. O local perfeito para a prática de golfe, escalada, equitação, parapente…

Esta cidade foi cenário de alguns dos clássicos mais marcantes da história do cinema: "O Bom, o Feio e o Mau", "Lawrence da Arábia" e "Por um Punhado de Dólares”. Pela tela do cinema percebemos que as paisagens de Almeria têm um encanto diferente, especial, pois são paisagens desérticas, com terras pouco férteis e mesmo assim com um importante crescimento, nomeadamente na área de exportação de laranjas e uvas, o foco da atividade económica da região. Temperatura média: 13º 


Dormir em Almeria >>



Buenos Aires, Argentina

buenos aires

Madonna, enquanto interpretava Evita Perón cantava “Don’t cry for me, Argentina”, mas estava enganada… Vai ser o turista que ficará de lágrimas nos olhos quando tiver que deixar Buenos Aires – um dos melhores destinos para viajar em novembro.

Além da arquitetura charmosa deste grande centro urbano, a cidade tem diversos pontos turísticos, parques, variedade de restaurantes, opções de entretenimento noturno e muitas lojas. O berço do tango é, como a própria dança, cativante, sedutor e repleto de agitação e energia. O Café Tortoni, o bar mais antigo da cidade, irá transportá-lo de volta para o séc. XIX e o espetacular Teatro Colón impressiona, assim como fazia em 1908. A capital das compras na América Latina oferece a promessa de uma excelente terapia ao longo das suas grandes e amplas avenidas.

Buenos Aires é um destino único, aberto, que integra e permite a todos aqueles que a visitam não só contemplar uma cidade, mas também usufruir de uma experiência urbana maravilhosa. Avenidas largas, praças arborizadas com muito verde e construções antigas caracterizam aquela que é conhecida como a capital europeia das Américas, assim projetada desde a sua criação e que, ainda hoje, mantém algumas características inalteradas. Temperatura média: 14º

Dormir em Buenos Aires >>



Jerusalém, Israel

jerusalem

Jerusalém situa-se no Sul do planalto da Judeia, possui cerca de 750 mil habitantes e é um local sagrado para judeus, cristãos e muçulmanos. Trata-se de uma das cidades mais antigas do mundo, cujas origens remontam ao século IV AC e foi palco de disputas entre povos ao longo de séculos, desde as guerras romano-judaicas, romano-persas, a época Otomana e ainda durante o Mandato Britânico e a Guerra de 1948, permanecendo até aos dias hoje com o conflito israelo-palestiniano.

Apesar da História atormentada da cidade, Jerusalém permanece incólume ao tempo e à destruição e é um dos lugares ricos mais ricos do Médio Oriente ao nível do património histórico e religioso, agregando diversas correntes, culturas e povos num único lugar.

Na Cidade Velha, Património Mundial pela UNESCO, poderá encontrar os principais pontos de interesse da Cidade Santa como a Igreja do Santo Sepulcro, a Igreja da Redenção, a Cúpula da Rocha e a Mesquita de Al-Aqsa, o Mosteiro da Flagelação, a Cidadela, os portões de Jaffa, Damascus, Dourado, Zion e Dung, a Via Dolorosa, o Muro das Lamentações e a Esplanada das Mesquitas.

O Muro das Lamentações é hoje o principal centro religioso judio de Jerusalém, e o lugar de reunião no "Shabat" e feriados nacionais, onde se reza e realiza a entrada dos adolescentes na Lei Judaica. Temperatura média: 13º

Dormir em Jerusalém >>

Se pretende viajar em novembro, evite os seguintes destinos: América Central, onde as chuvas ainda são fortes; e Québec, onde vários lugares fora das cidades principais estão fechados. Boas viagens!

Veja também: