AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

As melhores músicas para estudar

Clássica, ambiente? Ou simplesmente com ruídos? Saiba quais as melhores músicas para estudar.

As melhores músicas para estudar
Escolha a sua!

Está num daqueles dias “não”. Mas é véspera de uma apresentação importante e tem mesmo de estudar para se preparar. Eis que coloca uns headphones, seleciona algumas faixas musicais e parece que entra numa outra dimensão…o foco e a concentração aparecem e começa a absorver informação como se fosse uma esponja.

Certamente que este cenário já aconteceu consigo. Num estudo da Universidade de Illinois, descobriu-se que ouvir música enquanto se trabalha aumenta a produtividade até 6,3%. E também, de acordo com especialistas, o tempo máximo de concentração de uma pessoa é de 20 minutos. Pois bem, quando a música entra na equação, esse tempo de concentração pode aumentar até aos 100 minutos!

Mas então, que tipo de música escolher? Haverá músicas mais propícias à concentração e melhores músicas para estudar? A verdade é que depende de si e da sua forma de reagir a cada um dos tipos de música. Afine o seu ouvido e vá fazendo testes...aquilo que resulta melhor para o seu colega pode não ser a melhor solução para si!
 

Música clássica

Este tipo de música é sobejamente conhecida como um aceleador da concentração e da expansão da mente. Após um estudo realizado com oito radiologistas para trabalharem normalmente enquanto ouviam músicas do período barroco, a maioria demonstrou ficar com um melhor humor e melhorou também a produtividade!

Existem muito relatos de pessoas que afirmam que Johann Sebastian Bach é ótimo para resolver questões matemáticas.

 

Música ambiente

Quem nunca selecionou aleatóriamente uma música ambiente para estudar aquela matéria mais complicada ou para se preparar para uma apresentação mais complexa? A música ambiente é conhecida por não ocupar demasiado espaço na mente, mantendo, no entanto, o cérebro num bom nível de atividade. 
 


Ruídos

Da mesma forma que algumas pessoas funcionam melhor com música clássica, outras há que reagem muito bem aos ditos "ruídos". 

Este tipo de sons musicais estão normalmente agrupados por cores (branco, rosa, marrom ou vermelho), e servem para atenuar distrações de outros ambientes (ambiente fabril, muito barulho num escritório, etc.).

 


5 dicas para uma playlist personalizada

A verdade é que deve escolher o tipo de música ideal para si. Essas são as melhores músicas para estudar. É o jazz que aumenta a sua concentração? Ou prefere um verdadeiro rock’n’roll e metal? Escolha a que fomente a sua criatividade.

A produtividade é algo subjetivo! Daí que não exista uma fórmula mágica aplicável a todas as pessoas.

Não obstante o tipo de música mais indicado para si, uma empresa chamada Focus@Will reuniu analistas, neurocientistas e psicólogos para descobrir qual o tipo de som que ajuda na concentração das pessoas quando realizam tarefas no trabalho. As principais conclusões foram:



1. Escolha músicas sem letras

Geralmente, as músicas com letras tendem a não melhorar sua produtividade, principalmente quando sabe a letra de cor, pois isto fará com que se concentre na letra da canção em vez de se focar nas suas atividades.

 

2. As músicas suaves e em ritmo sequencial são melhores para si

Se é daquelas pessoas que facilmente se distrai, estas é das melhores músicas para estudar! Ritmos constantes e suaves vão mantê-lo concentrado e ao mesmo tempo não vão permitir que se distraia com o próprio som em si. 

 

3. Músicas “diferentes” são ótimas antes do processo criativo

Precisa criar algo novo? Então estas músicas podem ajudá-lo a despertar novos pensamentos.Músicas que arriscam nos sons e letras podem ajudá-lo a ver as coisas de outro ponto de vista. Experimente! 

Veja também: