Como mudar pastilhas de travão traseiras

Saber como mudar pastilhas de travão traseiras pode proporcionar-lhe uma poupança de vários euros. Confira também quando deve dar esse passo.

Como mudar pastilhas de travão traseiras
Mudar pastilhas de travão traseiras: passo a passo

Habitualmente, julga-se que mudar pastilhas de travão traseiras é uma tarefa apenas exequível por um profissional. No entanto, é possível realizar esta tarefa em casa, com segurança, e sem necessidade de recorrer a ferramentas muito específicas.

Trata-se de uma manutenção automóvel fulcral para garantir o bom funcionamento do sistema de travagem, mecanismo fundamental na garantia de segurança na estrada (em condução), mas que pode fazer sem ajuda profissional, sem riscos, desde que cumpra todos os passos e procedimentos de segurança necessário. Uma coisa é certa: este passo a passo pode ajudá-lo a poupar muitos euros, uma vez que só terá de gastar com o material.

mudar pastilhas de travão traseiras

Por norma, mudar as pastilhas de travão traseiras ocorre mais tarde e em menor número de vezes, relativamente às pastilhas de travão dianteiras – pois é aqui que está a maior parte do peso do carro (exige maior trabalho do sistema de travagem). Tem dúvidas sobre a altura ideal para realizar o procedimento? Fique atento e saiba quando, e como, mudar pastilhas de travão traseiras.

Mudar pastilhas de travão traseiras: passo a passo


Passo 1

Adquira as pastilhas de travão traseiras adequadas. Basta saber o ano, marca e modelo do automóvel e escolher.

Passo 2

Só comece a operação de troca das pastilhas depois do carro estar parado há algumas horas.

Passo 3

Comece por desapertar um pouco as porcas das jantes dos pneus (use a chave de porcas – chave inglesa).

Passo 4

Com o macaco, eleve o veículo (consulte o manual para efetuar a operação corretamente e em segurança). Pode colocar outra estrutura sólida debaixo do carro para não estar dependente apenas do macaco.

Passo 5

Com o carro suspenso, termine de desapertar as porcas até as remover e retire as rodas.

Passo 6

Use uma chave tipo spanner do tamanho correto para desapertar os parafusos dos compassos de freio (travão) – disco e pinças – que continuará ligado ao cabo do freio (cabo hidráulico). Trata-se de uma espécie de garra.

Passo 7

Agora sim, já poderá retirar as duas pastilhas de travão traseiras (por roda). É possível que necessite de fazer alguma força, mas tenha cuidado para não danificar o compasso ou o cabo do freio.

Passo 8

Aplique um pouco de lubrificante nas partes metálicas e na traseira das pastilhas (mas, atenção: sem entrar na parte de dentro). Depois coloque as novas pastilhas de travão traseiras, exatamente onde e como estavam as antigas.

Passo 9

Verifique o nível do líquido do freio e acrescente, se necessário, e coloque o compasso do freio.

Passo 10

Finalmente, é só recolocar a roda e apertas firmemente todas as porcas. Depois, cuidadosamente, faça um teste para verificar se está tudo correto (esteja atento a eventuais ruídos estranhos).

Quando mudar pastilhas de travão traseiras?

Normalmente, os veículos acendem uma luz de advertência no painel de instrumentos a avisar que é necessário trocar as pastilhas.

Ainda assim, recomenda-se a troca das pastilhas de 30.000km a 40.000km e a verificação a cada 10.00km.

No entanto, esteja atento aos seguintes sinais que podem indicar que terá de mudar as pastilhas:

  • Mudança na pressão do pedal (ser preciso fazer mais força do que o habitual);
  • Se ouvir um som agudo vindo das rodas durante as travagens.

 

Veja também: