O aumento da carga fiscal em Portugal (Infografia)

Já todos sentimos no bolso o aumento da carga fiscal. Perceba melhor como esta verdadeiramente aumentou com a ajuda desta infografia.

O aumento da carga fiscal em Portugal (Infografia)
Brutal aumento de impostos?
  • Carga fiscal e seus componentes entre 2003 e 2013

aumento da carga fiscal em Portugal


No ano de 2013, a carga fiscal registou um aumento 8,1%, um crescimento que inverteu a tendência de descida que se verificou em 2012. Este aumento correspondeu a cerca de 34,9% do Produto Interno Bruto (contra os 32,4% do ano anterior).

O aumento da carga fiscal fica a dever-se essencialmente aumento dos impostos diretos (25,7%), sendo que os impostos indiretos cobrados estagnaram e as contribuições sociais aumentaram 2,3%.

No que diz respeito aos impostos diretos, verificou-se um aumento de 34,3% no IRS e de 21,6% no IRC.

Em relação aos impostos indiretos (IVA e IMI, entre outros ) verificou-se uma variação nula no ano de 2013, sendo de sublinhar a variação de -2,0% no imposto sobre o valor acrescentado (IVA). Por seu lado, a receita do IMI cresceu 8,6%, traduzindo assim o efeito da reavaliação dos prédios urbanos.


Veja também: