O que são os Produtos Estruturados?

Normalmente criados e negociados por seguradoras, os Produtos Estruturados podem constituir uma forma fiável de poupança e até de investimento vantajoso.

O que são os Produtos Estruturados?
Vale a pena investir em produtos estruturados?

Com diferentes graus de garantia de capital, os produtos estruturados são aplicações financeiras com rendibilidade indexada à evolução de um determinado activo subjacente. 


São produtos financeiros que combinam uma componente de depósito, mas cuja rendibilidade pode estar indexada à evolução de vários índices de mercado, de acções a taxas de juro. Tratam-se assim de investimentos vulgarmente conhecidos como “Capitais de Seguros”.


O que permitem?

Permitem o investimento indirecto em activos financeiros que, muitas vezes, não são directamente transaccionáveis por si. É uma forma de diversificar o investimento em vários mercados. Mas a grande mais-valia anunciada prende-se com o facto de se poder escolher a melhor solução que se adequa ao perfil de investimento pretendido.


Regime Fiscal

Quanto ao regime fiscal associado aos produtos estruturados está determinado que são considerados rendimentos de capitais, sujeitos a IRS por retenção na fonte, à taxa liberatória de 20%, e considerados pagamento por conta em sede de IRC.

 

Veja também: