O que ver em Copenhaga: bairros e ruas imperdíveis

Se tem dúvidas sobre o que ver em Copenhaga, tome nota de alguns dos bairros e ruas que tem que conhecer na capital dinamarquesa. 

O que ver em Copenhaga: bairros e ruas imperdíveis
Aproveite as boas vibrações da cidade dinamarquesa

Copenhaga é uma das cidades europeias mais trendy, com as suas ruas repletas de restaurantes gourmet, cafés, galerias de arte e design. É uma ótima cidade para apreciar como vivem os locais, que se deslocam nas suas bicicletas em busca das zonas mais em voga para relaxar e aproveitar um fim de tarde após um dia de trabalho. Saiba quais os principais bairros e ruas que tem que ver em Copenhaga.


Passeie pelos mais belos bairros e ruas de Copenhaga


Christianshavn

copenhaga

Com as suas ruas estreitas, restaurantes de renome e cafés acolhedores ao longo do canal, o Bairro de Christianshavn localiza-se na zona mais central de Copenhaga, junto à ponte Knippelsbro. Pode dar um passeio junto ao canal enquanto aprecia uma cerveja, ou visitar algumas atrações desta zona, como a Cidade Livre de Christiania, o Danish Architecture Centre, com as suas exposições de arquitetura, e a Ópera de Copenhaga, instalada numa área com 41 mil metros quadrados, 14 andares (cinco dos quais subterrâneos) e muitos espetáculos para ver.



Christiania

christiania

Uma espécie de cidade dentro da cidade, Christiania é um dos locais que mais curiosos atrai e que tem que ver em Copenhaga. Trata-se de uma comunidade independente, gerida por um conjunto de regras autónomas, fundada na década de 70 por um grupo de hippies que ocuparam alguns quartéis militares abandonados na zona. Mantém-se hoje uma vila amiga do ambiente, sem trânsito automóvel, povoada por casas feitas à mão, oficinas, galerias de arte e restaurantes de comida orgânica e vegetariana. No local está também sediado o Bøssehuset, um centro de ativismo gay, com festas e uma companhia de teatro. 

Existem alguns aspetos que deve ter em atenção na sua visita à Cidade Livre de Christiania. Embora o consumo e venda de drogas leves não seja legal na Dinamarca, é aqui permitido, e na rua Pusher é normal encontrar bancas que vendem cannabis e outras substâncias à vista de todos. O consumo também é permitido. Quando entra em Christiania, existe um letreiro com algumas proibições, nomeadamente filmar ou tirar fotografias dentro do espaço. Respeite as regras de local, caso contrário, não estranhe se for alertado por algum dos locais. 



Vesterbro 

vesterbo

Se no passado era um bairro pouco recomendável, Vesterbro é hoje uma das zonas mais trendy e que tem que ver em Copenhaga. Se quer fazer compras, ir a restaurantes, beber um copo ou dançar até de manhã, está no sítio certo.

É também no bairro de Vesterbro que se encontra o Meatpacking District, onde estavam, no passado, instaladas as indústrias de carne. Esta zona tem vindo a tornar-se uma das mais frequentadas da cidade graças à criação de várias empresas ligadas a indústrias criativas, restaurantes de elevada qualidade e vários espaços noturnos. 

Em Vesterbro tem também que conhecer Værnedamsvej, uma rua ótima para compras e com uma atmosfera tão única, que lhe granjeou o título de “Paris de Copenhaga”. Visite o café Granola, um dos mais populares da rua, e as lojas de comida, wine bars e restaurantes. Um paraíso para os foodies. 



Nørrebro

norrebro

Nørrebro é hoje um dos bairros mais vibrantes e coloridos e que, por isso, tem que ver em Copenhaga. Muito frequentado pelos mais jovens, está repleto de bares trendy, lojas de roupa e sítios baratos para comer, como as bancas de kebabs. É lá que fica Jægersborggade, que se tornou recentemente numa das ruas mais populares da cidade graças às cerca de 40 galerias de arte, lojas de produtos orgânicos, de roupa vintage, joalharia e cerâmica de autor. Não faltam restaurantes, cafés e wine bars. 

Em Nørrebro pode também visitar o Cemitério Assistens, o mais conhecido do país, onde estão sepultadas algumas das figuras maiores da cultura dinamarquesa, como o escritor Hans Christian Andersen ou o filósofo Søren Kierkegaard. 




Frederiksberg

copenhaga 4

Frederiksberg é uma zona da cidade mais fina, óptima para fazer compras em lojas mais caras, se a carteira assim o permite. Caso as compras não estejam nos seus planos, pode visitar outras atrações da cidade, como o Zoo de Copenhaga, com as suas 264 espécies e mais de 3 mil animais, ou o Palácio Frederiksberg, que fica no topo da colina com o mesmo nome, e que vai dar-lhe uma panorâmica fantástica sobre os jardins do palácio e todo o bairro de Frederiksberg.

Veja também: