Estes são os objetos com mais germes nos restaurantes

A presença de germes no nosso dia-a-dia, especialmente quando vamos a restaurantes, pode ser assustadora: saiba tudo aqui.

Estes são os objetos com mais germes nos restaurantes
Saiba como proteger-se

Sabendo quais os objetos com mais germes nos restaurantes, talvez o ato de sair para jantar fora perca um pouco do seu encanto. É verdade que ir a um restaurante pode ser até um luxo: não tem de cozinhar, nem de pôr a mesa, muito menos lavar a louça no final. Basta sentar-se, escolher o que quer comer e esperar um serviço rápido e simpático.

Contudo, esteja atento aos germes, eles podem mesmo estragar uma saída em família ou com amigos para jantar.


Germes nos restaurantes: saiba onde estão


Um microbiólogo da Universidade do Arizona resolveu analisar os objetos nos restaurantes com mais germes e os resultados podem ser surpreendentes.



Cascas de limão

Para começar, as cascas de limão que acompanham bebidas ou mesmo alguns pratos estão muitas vezes repletas de germes.



Toalhas e cadeiras

As toalhas das mesas são outro exemplo de onde pode encontrar muitos germes. Raramente são usados produtos anti-bacterianos para limpar as toalhas de mesa. E só isto dá pra ter uma ideia de como é fácil encontrar germes num restaurante.

Os bancos e cadeiras usados especialmente para as crianças também estão usualmente contaminados com vários germes (não é difícil o conteúdo de uma fralda entrar em contacto com o assento): o melhor, neste caso, é usar um toalhete para limpá-lo antes de o usar.



Talheres e utensílios de pega

Os talheres também podem ser um caso problemático, muitas vezes não por não serem bem lavados, mas porque ficam em contacto com outros locais contaminados como por exemplo as toalhas de mesa. Assim, seria importante que os talheres estivessem sempre protegidos pelo guardanapo.

Nos restaurantes buffet a probabilidade de encontrar objetos contaminados com vários tipos de germes é ainda maior: em muitos casos os alimentos são retirados à mão ou usados utensílios para servir em que muitas pessoas já tocaram. Será preciso dizer mais alguma coisa?

Isto não quer dizer que se deva deixar de ir aos restaurantes, pelo contrário, o que é importante é estar atento a estes pequenos pormenores e saber defender-se. Basta trazer consigo toalhetes anti-bacterianos e prestar atenção aos sítios em que toca para conseguir evitar os objetos com mais germes nos restaurantes.

Veja também: