AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Trabalhar em open space: vantagens e desvantagens

Adorado por uns e odiado por outros, o conceito de open space é cada vez mais comum. Conheça as suas principais vantagens e desvantagens.

Trabalhar em open space: vantagens e desvantagens
O conceito está em voga, mas – como tudo na vida – tem um lado bom e um lado mau.

Uma coisa é certa: os open space estão na moda. Este tipo de espaço de trabalho tem vindo a tornar-se muito comum no mercado laboral e são cada vez mais as empresas que optam por criar zonas de trabalho neste formato. Um “adeus” às portas, paredes e salas fechadas; um “olá” aos espaços abertos e amplos, onde toda a equipa se encontra. Interessante? Para uns sim, para outros nem tanto. A verdade é que trabalhar em open space pode ter tanto de bom como de mau.
 

O lado bom e o lado mau dos open space

Já aqui falamos dos open space. Por essa ocasião, se bem se lembra (e se não lembra pode aproveitar para ler) falamos das regras de comportamento que deve seguir ao trabalhar num open space e já nesse artigo referimos, ainda que levemente, as vantagens e desvantagens deste tipo de espaço de trabalho. É sobre estas que nos debruçamos agora.

 

As vantagens:

Não faltam apreciadores dos open space e, para esses, as razões são óbvias. Ora veja:

1. Maior facilidade de comunicação entre os elementos da equipa e fluidez da informação
Se com os espaços fechados é necessário convocar reuniões para sessões de brainstorming ou para passar informações vitais para o desenrolar do trabalho, com os open space esta parte fica facilitada, já que os vários elementos estão reunidos e podem participar abertamente das conversas e planeamentos estratégicos, por exemplo. Além disso a interação e interajuda entre os colegas de trabalho fica também ela facilitada, visto que todos estão próximos uns dos outros, o que – em última instância – acaba por fomentar a proximidade entre colegas.   

2. Facilita a supervisão dos trabalhos
É muito mais fácil supervisionar uma equipa se ela estiver reunida num mesmo espaço. Esta é uma das vantagens de trabalhar em open space. Desta forma os administradores, chefes de departamento, gestores ou coordenadores estão em constante contacto com os membros da sua equipa, o que facilita o processo de resolução de problemas, por exemplo.

3. Torna-se mais barato
Os open space são cada vez mais uma opção também por isto: tornam-se mais económicos, porque não só permitem acomodar mais pessoas em menos espaço, como ainda reduzem o custo das despesas adicionais (como eletricidade, por exemplo).

 

E as desvantagens:

Sim, elas também existem e, para alguns, são uma verdadeira dor de cabeça. Entre as principais desvantagens deste tipo de espaços destacam-se as seguintes:

1. Perda de privacidade
Open space e privacidade são conceitos diametralmente opostos. Tratar de temas delicados e/ou confidenciais ou até fazer um telefonema pessoal, o melhor é retirar-se da sala e procurar um lugar mais calmo e privado, é que num open space todos vão o ouvir.

2. Mais distrações
Ter a equipa toda reunida num só espaço pode ser ótimo em certas ocasiões (para o brainstorming, por exemplo), mas terrível noutras. Basta pensar nas distrações que esta configuração de espaço permite. Além do ruído, que será inevitavelmente maior (porque todos os colaboradores estão num mesmo espaço e falam ao telefone, conversam entre si, etc.), há também mais movimento (porque as pessoas circulam de um lado para o outro) e as interrupções são constantes (visto que a inexistência de barreiras físicas – como portas e paredes – cria a falsa ilusão de que as outras pessoas estão sempre disponíveis, gerando interrupções do fluxo de trabalho). O pior é que estes exemplos acabam por prejudicar a produtividade dos trabalhadores.

3. Pode dar origem a conflitos
Num espaço aberto e comum a todos há aspetos que nem sempre são do agrado de todos. A iluminação, a temperatura do ar condicionado ou do aquecimento, o barulho são exemplos disso. Estes pequenos (grandes) detalhes podem ser mais do que suficientes para dar origem a conflitos entre os vários elementos da equipa.

 
Como se sabe “não se pode agradar a gregos e troianos” e haverá sempre quem adore e quem odeie o conceito de open space. Ainda assim, para tornar tudo mais fácil, só precisa de ter atenção às regras básicas de convivência que vão fazer com que trabalhar em open space seja mais fácil.


Veja também: