Principais custos bancários: 7 dicas para os evitar ou diminuir

Saiba como evitar ou diminuir os principais custos bancários, como as comissões de manutenção da conta, das transferências interbancárias e a anuidade de cartões.

Principais custos bancários: 7 dicas para os evitar ou diminuir
Custos bancários a mais? Não, obrigada!

Tem uma conta bancária? Um cartão de débito? Faz transferências interbancárias? Se respondeu “sim”, então fique atento aos valores que o seu banco cobra pela manutenção e utilização da conta. Estes são os principais custos bancários, aos quais muitas pessoas não prestam atenção, mas que podem ascender os 100€/ano.

Quase todos os bancos cobram comissões de manutenção da conta bancária, relativas a produtos ou operações associados a essa conta, como por exemplo ter e utilizar o cartão de débito ou as transferências interbancárias.

No entanto, nem sempre as pessoas sabem quanto pagam afinal quando utilizam um cartão de crédito ou de débito, quando efetuam pagamentos de bens e serviços ou fazem uma transferência ao balcão ou online. E, dependendo do banco, há inúmeras operações que podem ajudar a diminuir a sua conta bancária.

Existem formas de reduzir ou de obter a isenção de comissões se, por exemplo, domiciliar o seu ordenado, se tem um saldo médio ou património financeiro a partir de determinado limite, entre outras situações. Importa conhecer quais.

conta no banco

Como evitar ou diminuir os principais custos bancários?

Domiciliar o ordenado

Para fidelizar os seus clientes e fazer com que domiciliem o seu ordenado, pensão ou outro rendimento fixo, muitos bancos oferecem benefícios, cortando custos bancários como as comissões de manutenção da conta.

Ter um cartão de crédito

Por vezes, há vantagens na adesão a um cartão de crédito, como a diminuição das comissões de manutenção da conta ou outras quando ultrapassado determinado valor de utilização. Não esqueça, porém, que pode haver taxas de juro e custos de anuidade do mesmo. Pondere se compensa.

Ser jovem ou sénior

As faixas etárias são estratégias dos bancos para atrair novos clientes, se se incluir numa delas, aproveite as vantagens.

Utilizar a internet

Utilizar a internet, aderindo ao serviço de homebanking, em vez dos balcões, pode ajudá-lo a poupar muito dinheiro.

A maior parte das instituições financeiras não cobra ou cobra comissões mais reduzidas caso os clientes optem por requisitar cheques, fazer transferências bancárias, entre outras operações, pela internet em vez de recorrerem aos balcões.

homebanking

Ter só uma conta

Ao centralizar todas as contas numa só evita a duplicação de comissões e outras despesas.

Analisar os preçários das instituições financeiras

Procure preços mais baixos, dos produtos e serviços (por exemplo, anuidade de cartões) dos bancos, ao analisar o preçário da instituição financeira que pretende escolher e compare-o com outras.

A lista de preçários está disponível no portal do Banco de Portugal, onde tem acesso direto ao folheto de comissões e despesas das instituições de crédito.

Aderir aos serviços mínimos bancários

Conheça as condições para aderir aos serviços mínimos bancários e tenha acesso aos serviços bancários mais básicos, a um custo reduzido. Informe-se e confirme todas as possibilidades existentes para não ter de pagar custos bancários desnecessariamente.

Veja também: