Quer um Auris? Pague uma mensalidade mais baixa, em menos tempo e troque de carro no fim do contrato

Já é possível ter a versão híbrida do Auris e pagar menos, em menos mensalidades e com a garantia da troca por um novo.

Quer um Auris? Pague uma mensalidade mais baixa, em menos tempo e troque de carro no fim do contrato
Acredite: o sonho do híbrido chegou para si

Se esta máquina anda debaixo de olho e o sonho de ter um carro híbrido já começa a falar mais alto, chegou à altura de se decidir. A Toyota está a lançar a campanha Flex And Drive em Portugal e o mote é a compra do Auris nas três versões de motorização.

Modelo único em Portugal

Ainda não conhece o novo modelo de financiamento de carros? Então fique atento a este artigo e descubra tudo o que precisa saber para realizar o desejo de ter um Auris na sua versão mais moderna.

Agora só paga 1x o valor da entrada (opcional) escolhe o prazo mediante a sua disponibilidade financeira para as mensalidades (2 a 5 anos) e, no final do contrato, pode trocar de carro por um novo, mantendo a mensalidade e sem pagar o valor residual. Ou, se quiser ficar com a viatura, pode refinanciar o montante em dívida.

As vantagens ainda incluem o benefício de ser um crédito sem risco de retoma, com garantia do fabricante e devolução garantida e sem custos. Sim, entendeu bem: pode devolver o carro sem pagar a última prestação mais elevada. Se está cansado de pagar muito mais pelo carro, manter as manutenções e não conseguir dinheiro com a venda da viatura, então este artigo é para si.

Tem dúvidas sobre o crédito auto Flex And Drive? Vamos esclarecer tudo e explicar as vantagens de ser o dono de um Auris novo e híbrido.

Novo Auris: o híbrido que cabe no seu bolso

toyota-auris

Na realidade, cabem no seu bolso todas as versões de motorização: seja a gasolina, a diesel ou híbrida. O destaque para a nova tecnologia é uma sugestão nossa para mostrar a permanência de uma engenharia que cresce no mercado e conquista cada vez mais condutores.

Para lançar o financiamento Flex And Drive junto do consumidor português e comemorar a venda dos mais de 10 milhões de híbridos, a marca Toyota lança a campanha “QUERO, POSSO E MUDO”.

Até 30 de abril, a Toyota conta com o financiamento promocional de 240€/mês para a Gama Auris, na versão Comfort + Pack Techno + Pack Sport, nas motorizações a gasolina, a diesel ou híbrida.

O modelo em destaque é a versão híbrida do Toyota Auris equipada com o sistema de multimédia Toyota Touch2 e o sistema de segurança Toyota Safety Sense, que poderá ser adquirida através do financiamento Flex And Drive, com uma mensalidade atrativa de 240€/mês, num prazo de 49 meses, com entrada de 6.767,5€.

toyota-auris-2017

A última mensalidade, de 10.015,90€, funciona como o Valor Futuro Mínimo Garantido, e pode ser liquidada ou não, mediante a necessidade do cliente. Mas já vamos explicar tudo a seguir. Neste exemplo de financiamento da campanha, o montante financiado de 18.521,00€ e com a TAEG de 6,72%.

Lexus Privilege

lexus-is-300h

Agora pode, também, pagar menos pelo seu Lexus de sonho. Ao optar por usufruir da campanha Lexus Privilege, assume uma mensalidade de 375€ e leva para casa o novo Lexus IS 300H, por exemplo. O método é o mesmo visto no financiamento Flex And Drive e, no final do contrato, a Lexus permite as mesmas vantajosas 3 opcões: trocar, manter ou devolver a viatura.

Qual é a diferença entre um financiamento automóvel normal e o Flex And Drive/Lexus Privilege?

Os financiamentos comuns, feitos com a colaboração de bancos e financeiras, incluem um fator importante a ter em conta: as entidades de crédito não têm interesse no seu carro e, no futuro, será o dono a ter dificuldades com a revenda da viatura – já desvalorizada no mercado de usados.

Para além disso, os bancos não podem garantir ao cliente a retoma do carro no final do contrato, uma vez que esta não é a sua atividade (comércio automóvel). Assim, não podem ver vantagens em ficar com o carro. No entanto, a financeira da marca consegue perceber o valor que a viatura tem no circuito de usados da própria marca – e isto faz toda a diferença, pois permite o sistema de devolução ou troca por um carro novo, sem custos associados e sem a obrigatoriedade do pagamento da última prestação mais elevada.

O Flex And Drive e o Lexus Privilege são créditos realizados através da nova financeira da Toyota, que já começou a prestar serviço em Portugal. Neste sistema de compra, o cliente tem a garantia de que o veículo, no final do contrato, vai ter um Valor Futuro Mínimo Garantido (VFMG) e que a marca está disposta a ficar com a viatura, caso o cliente queira trocar de carro – isso acontece porque, sendo este o seu ramo de negócio, a marca entende que há valor no bem em questão.

E esta é a característica que permite a criação de um financiamento automóvel completamente inovador, sem risco de retoma, sem risco de desvalorização exagerada na venda e com a certeza de poder trocar por um carro novo ou devolver sem pagar o montante da última prestação de valor mais elevado.

Entrada e última prestação (VFMG) facultativas

Vamos desmistificar o conceito tradicional explicando como esses dois importantes passos funcionam num crédito Flex And Drive da Toyota – e ainda no financiamento Lexus Privilege. A entrada, que não é obrigatória, é definida pelo cliente, de acordo com a disponibilidade financeira que tem no ato da compra do carro novo. No fundo, ela não funciona como uma regra, mas sim como uma forma de reduzir ainda mais a mensalidade – que já é mais baixa do que é habitual, compreende menos meses e apresenta taxa reduzidas e competitivas.

Já no caso da última prestação mais elevada, deixa de existir um montante em dívida para dar lugar a um Valor Futuro Mínimo Final Garantido – isto quer dizer que o montante residual que fica no final do contrato é atribuído como valor da viatura, podendo mesmo ser utilizado para a troca por um carro novo, que é o cenário ideal. No Flex And Drive, bem como no Lexus Privilege,  este valor residual pode ou não ser liquidado – depende do interesse do cliente:  ficar com o carro, trocar por um novo ou devolver a viatura à marca, sem adicionar qualquer custo ao processo.

3 opções no final do contrato

Imagine que deu uma entrada, optou pelo financiamento em 24 meses e, no final do contrato, tem um valor considerável a pagar na última prestação mais elevada. No crédito auto Flex And Drive, baseado no conceito do Valor Futuro Mínimo Garantido (VFMG), o cliente é libertado desta obrigação e tem três opções à escolha: ficar com o carro, devolver o carro ou trocar por um carro novo.

Parece inacreditável, mas é assim que se faz o novo modelo de financiamento automóvel em Portugal. O método já existe em todo o mundo, há largos anos, e é especialmente associado ao mercado norte-americano – onde a população consegue realizar a troca de viatura regularmente, mantendo o valor mínimo do carro, evitando maiores custos com manutenção e, sobretudo, tendo o prazer de estar sempre ao volante de uma máquina nova.

Agora que conhece o novo financiamento auto da Toyota, o que faz mais sentido para si: assumir um crédito comum ou investir num sistema que permite o ciclo planeado de troca da viatura?