Os 8 melhores restaurantes e hotéis em Copenhaga

Se a capital dinamarquesa está entre um dos seus próximos destinos, comece já a preparar a viagem com as nossas dicas de restaurantes e hotéis em Copenhaga.

Os 8 melhores restaurantes e hotéis em Copenhaga
Onde comer e dormir numa das cidades mais cool da Europa

À procura de restaurantes e hotéis em Copenhaga? A oferta de restauração em Copenhaga é bastante rica, com locais para todos os gostos e carteiras. Dos mais distintos e inovadores aos mais tradicionais, uma coisa é certa – deve experimentar a gastronomia nórdica, pela sua elevada qualidade e foco na utilização de produtos locais e da época. 

Já no que toca às dormidas, também não faltam opções. Dos hotéis mais requintados a opções mais em conta, as nossas sugestões de hotéis em Copenhaga têm um aspeto em comum – a sua ótima localização, em zonas centrais da cidade que lhe permitem rapidamente chegar às principais atrações.
 

Restaurantes em Copenhaga: sugestões de fazer crescer água na boca


Palægade

palaegade

O Palægade é um restaurante clássico no centro histórico de Copenhaga. Aqui pode provar algumas especialidades nórdicas, como a Smørrebrød, uma sanduíche “aberta” - sob uma fatia de pão são colocadas e servidas combinações de ingredientes como queijo azul, pera e avelãs, carne assada, picles e rabanetes, entre muitas outras.

Ao almoço, é também servida aquavita, uma espécie de aguardente típico dinamarquês enriquecido com ervas aromáticas. Para o jantar, pode pedir pratos mais requintados, como o linguado escalfado com pepino, batatas e molho de ovas de peixe branco. Acompanhe com um dos vinhos da criteriosa seleção do restaurante. 



Uformel

O Uformel (em português, Informal) pertence a uma cadeia de restaurantes na qual também se inclui o Palægade. No entanto, e ao contrário da nossa sugestão anterior, e como o próprio nome indica, o Uformel é um restaurante despretensioso, com preços mais acessíveis, mas que mantém o foco na qualidade dos produtos. 

Prove a tainha com milho grelhado, ervas e iogurte ou bife tártaro com picles de cogumelos e pimenta preta. Os 15 pratos mudam consoante a época e os ingredientes utilizados provêm de produtores nacionais. Para além disso, o Uformel tem também ganho fama graças aos seus cocktails, que pode experimentar antes de iniciar a refeição.



Neighbourhood

neighbourhood

A especialidade do Neighbourhood são as pizzas, e não são umas pizzas quaisquer. Tratam-se de interpretações modernas do clássico italiano, mais leves e crocantes, orgânicas e mais “verdes”. A massa é reduzida a cerca de metade de uma pizza tradicional e os ingredientes são sobretudo legumes frescos, vegetais em picles, queijo fresco, pesto fresco, marisco e carnes de elevada qualidade. Também há cocktails e sim, adivinhou – também são orgânicos, com fruta fresca e da época, ervas e vegetais. Se preferir, opte por um sumo natural. 

A experiência de fazer uma refeição no Neighbourhood também vale a pena pelo espaço. A comida é servida em mesas longas, onde as pessoas se sentam mesmo ao lado umas das outras. O objetivo é fomentar o espírito de boa vizinhança e comunidade.  



Copenhagen Street Food

Não podíamos deixar de lhe sugerir, nesta lista de restaurantes e hotéis em Copenhaga, a passagem pelo Copenhagen Street Food, com os seus food trucks, cafés, cerveja e outras bebidas. Alguns dos participantes servem comida de origem orgânica, mas aqui o que mais importa é mesmo o sabor, ainda que aliado, sempre, a uma componente de sustentabilidade. E pode provar especialidades que vão da Coreia até ao México, de Itália à Escandinávia, por preços acessíveis. 

Para além disso, vai ficar a conhecer a PapirØen (Ilha de Papel), a pequena ilha que, em tempos idos, funcionava como armazém de papel e que alberga hoje não só o Copenhagen Street Food mas também diversas galerias de arte, empresas de áreas criativas e cafés trendy. 
 


Hotéis em Copenhaga: a nossa seleção


Avenue Hotel

avenue

O Avenue Hotel fica numa residência clássica do século XIX da autoria do arquiteto Emil Blichfeldt, que também projetou a entrada principal do Parque Tivoli. Não surpreendem, por isso, os detalhes encantadores e o design dos quartos, cada um com um formato diferente. O staff procura ao máximo que os hóspedes se sintam em casa, num ambiente requintado onde os pormenores fazem a diferença. A estadia por uma noite no Avenue Hotel ronda os 120€



Absalon Hotel 

Localizado no bairro de Vesterbro, um dos mais cool da cidade, o Absalon Hotel é um hotel gerido por uma família e que foi alvo de uma renovação recente, enfatizando o seu ar clássico e moderno. A atmosfera é relaxada e o staff é muito prestável. Para além de dar dicas sobre que locais devem ser visitados, a equipa também trata de fazer reservas de restaurantes, viagens em autocarros turísticos e barcos ou de eventos. E, se ficar no Absalon Hotel, fica a dois passos de atrações como o Parque Tivoli, as principais zonas de comércio e restauração, entre outras. Uma noite ronda os 135€.
 


Generator Hostel

generator

O Generator Hostel é um boutique hostel que oferece conforto e design a preços mais convidativos que a regular oferta hoteleira. Localizado a cerca de 300 metros da Praça do Rei e do belíssimo Porto de Nyhavn, o hostel tem 662 camas em quartos privados e dormitórios, consoante as preferências dos hóspedes. As áreas comuns incluem um bar, que acolhe dj’s e bandas ao vivo com regularidade, uma área lounge com televisão, matraquilhos e mesa de bilhar, e um terraço com 4 mil metros quadrados, com confortáveis assentos e um grelhador para fazer barbecues no Verão. Quartos privados a partir de 67€ e dormitórios a partir de 20€.



Copenhagen Downtown Hostel

A uma curta distância da Estação Central de Copenhaga, o Copenhagen Downtown Hostel é uma ótima opção para viajantes, estudantes e grupos. Entre quartos privados e dormitórios, existem várias opções consoante as necessidades dos hóspedes, e as áreas comuns, nomeadamente o bar, onde atuam bandas locais e se organizam festas com regularidade, também valem a pena. Estadia para uma noite a partir de 30.

Veja também: