Como fazer um seguro de moto mais barato

Saiba como conseguir um seguro de moto mais barato. Dicas para adquirir um seguro de moto, de caráter obrigatório, a melhor preço. 

Como fazer um seguro de moto mais barato
Dicas para poupar no seguro da sua moto.

São cada vez mais aqueles que optam por se deslocar de moto, seja pela facilidade de mobilidade (mesmo no trânsito), estacionamento ou pelos consumos mais baixos. Depois há quem o faça por ócio. Qualquer que seja a motivação, usar a moto como meio de transporte implica riscos (até pela natureza do mesmo), especialmente para os condutores. Assim, as seguradoras colocam alguns entraves em contratualizar um seguro de moto.
Mas existem algumas dicas que pode usar para conseguir um seguro de moto mais barato, mesmo que o seguro de responsabilidade civil obrigatório para motas, tal como nos carros, se rega por uma apólice uniforme, definida legalmente.
Sublinhe-se que o seguro de moto deve cobrir um milhão de euros, para danos materiais, e cinco milhões de euros, para os danos corporais.

6 passos para conseguir um seguro mais barato para a sua moto


1. Pesquise e faça várias simulações

Apesar da natureza do risco associado à moto, já existe uma boa rede de oferta de seguros de moto. Faça uma pesquisa minuciosa pela internet e o máximo de simulações possível para encontrar o preço mais acessível do mercado adequado às suas necessidades.


Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si a informação mais relevante.

2. Use o local de residência como argumento

Uma das formas de conseguir um seguro de moto mais barato é viver em zonas consideradas de pouco risco. Além disso, se tiver garagem mencione-o às seguradoras porque esse será um fator de redução do preço do seguro.


3. Condutores mais jovens devem procurar um seguro de moto segmentado para a sua faixa etária

Tal como no seguro automóvel também no seguro de moto a idade conta e os jovens, com menos de 25 anos, são os mais penalizados. Geralmente, quanto maior a idade e a experiência, menor o prémio anual. No entanto, já existem apólices criadas especialmente para este segmento. Os jovens devem ir diretamente a este tipo de oferta, onde encontrará soluções razoáveis.


4. Valorize a sua boa condução

Mencione o facto de não ter acidentes. Também aqui se não tiver acidentes, tal como acontece no seguro automóvel, terá a possibilidade de conseguir um melhor preço. Quanto menos participações à seguradora mais poupança.


5. Pense no tipo de moto que necessita

As características da moto, como a cilindrada e o modelo, serão fatores tidos em conta pelas seguradoras para definir o valor do prémio. Assim, pense no tipo de moto que precisa e o uso que lhe vai dar, pois uma moto tipo desportiva, por exemplo, irá obrigar a um custo superior do seguro.


FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre poupança actualizada ao minuto.

6.. Procure juntar o seguro da moto a outros seguros

Se já tiver uma boa carteira de seguros tente concentrar o seguro da moto na sua seguradora habitual. A outra alternativa para conseguir um seguro de moto mais barato é pesquisar e escolher uma seguradora que lhe ofereça boas condições gerais e reúna aí todos os seus seguros. Aliás, esta pode mesmo ser a única forma de conseguir a cobertura de danos próprios (não obrigatório) para a moto, pois algumas seguradoras não o permitem de outra forma.


Veja também: