AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Stress no trabalho: os principais sintomas

Sente-se constantemente cansado, irritado e tem dificuldade em concentrar-se? Fique atento. Isso podem ser sintomas de stress no trabalho.

Stress no trabalho: os principais sintomas
Não deixe o stress tomar conta de si.

O stress no trabalho é um assunto sério e é bom que comece a prestar atenção aos sinais antes que seja tarde demais. E não, não é exagero. O stress laboral é uma das principais causas de doenças relacionadas com o trabalho na União Europeia, de que é exemplo o burnout. Os sintomas, se ignorados, desenvolvem-se e afetam o profissional e o ambiente em que se insere. Esta patologia – podemos mesmo chamar-lhe assim – pode ser responsável pela baixa produtividade no trabalho, bem como pela redução na qualidade de vida de quem sofre deste problema. As causas essas podem ser variadas. Insatisfação, desmotivação ou excesso de trabalho são apenas algumas das mais comuns. Antes que o stress tome conta de si e afete o seu desempenho (e vida pessoal) aprenda a reconhecer os sintomas para travar o problema.
 

O que é o stress no trabalho?

Podíamos dizer apenas é um dos principais problemas relacionados com trabalho da atualidade, mas é mais do que isso. O stress no trabalho pode ser definido como um conjunto de reações emocionais, cognitivas, comportamentais e fisiológicas a aspetos menos positivos (digamos assim) da organização em que um profissional se insere e/ou até do ambiente de trabalho que o rodeia.

Inevitavelmente todos vamos sentir, a certa altura, stressados no trabalho. Uns mais do que outros é claro. Mas o problema é quando o stress no trabalho é uma constante no dia-a-dia de um profissional e faz com que o organismo se ressinta.

 

Os 25 principais sintomas de stress no trabalho

Os sinais de stress estão lá e, para evitar problemas de saúde mais graves para si, é importante que não os ignore. Os sinais podem ser muitos e variados, sendo os mais comuns os seguintes:
  1. Sensação de esgotamento;
  2. Baixa produtividade;
  3. Cansaço extremo (físico e mental);
  4. Perda de memória;
  5. Incapacidade de cumprir horários;
  6. Apatia e desânimo;
  7. Ansiedade, irritabilidade e alienação;
  8. Dificuldades de concentração e de memória;
  9. Dificuldade para tomar decisões;
  10. Hipertensão, dores lombares, défice imunitário e batimentos cardíacos irregulares (taquicardia, por exemplo);
  11. Alterações no humor frequentes:
  12. Tendência para se isolar dos outros;
  13. Depressão ou tristeza;
  14. Tonturas e náuseas;
  15. Perturbações gástricas;
  16. Dor de cabeça ou no peito;
  17. Desmotivação;
  18. Perda do desejo sexual;
  19. Alterações no apetite (comer muito ou falta de apetite);
  20. Perturbações do sono (excesso de sono, dificuldade em dormir - insónias);
  21. Manifestação de tiques nervosos (como roer as unhas, por exemplo);
  22. Queda de cabelo;
  23. Alterações na menstruação;
  24. Mãos transpiradas.
E se pensa que estão aqui listados todos os sintomas engana-se. Muitos dos sintomas variam de pessoa. O que importa é que, em caso de manifestação destes sintomas procure ajuda. A longo prazo, e se ignorado, o stress no trabalho pode ter consequências graves para a sua saúde.



Veja também: