Um outro mundo aqui ao lado em Marrocos

Muitas pessoas, quase todos os viajantes, sonham com lugares exóticos. Conhecer um país ou um clima diferente fascina-nos. É da natureza humana ser curioso.

Um outro mundo aqui ao lado em Marrocos
Marrocos visto pela lente do FotoViajar

A nós, portugueses, este encanto pelo que é diferente leva-nos quase sempre para lugares onde as diferenças sejam mais óbvias nos costumes, nas paisagens, na comida, nas vestes, nas tradições, na cor da pele. Para isso, pensamos, temos de voar para bem longe. Para países como a Índia, Nepal, Dubai, Japão, Tailândia, Maldivas, Quénia, Bora Bora…

Na verdade, muitos viajantes esquecem-se de como pode ser fascinante o norte de África. E Marrocos, aqui ao lado, é uma dos destinos mais incríveis onde se pode apreciar o tal exotismo que procuramos. Com voos diretos Lisboa-Casablanca ou Lisboa-Marraquexe a demorarem 1:20h e 1:40h, respetivamente, é difícil resistir. Em alternativa, uma viagem de carro de 700km coloca-nos no norte do país depois da travessia Algeciras-Tânger ou Tarifa-Tânger.

Marrocos: um país com um exotismo magnético

A cultura marroquina é riquíssima e extremamente interessante, especialmente para quem viva na Europa, América ou Ásia. Em Marrocos, algumas influências europeias estão presentes, com certeza, mas as culturas muçulmana e africana são claramente as dominantes. O que vai encontrar de diferente na cultura deste país?

  • O Islão como religião – a maioria das pessoas é muçulmana, ainda que haja liberdade para ter qualquer outra religião. Vai, por isso, encontrar decoro nas vestes, menos atividade nas ruas de dia durante o Ramadão, bonitas mesquitas um pouco por todo o lado (em quase todas é proibida a entrada aos não-muçulmanos).
  • Diversidade de línguas – facilmente encontrará pessoas a falar berbere, árabe, francês e mesmo espanhol.
  • Música maravilhosa e de grande sentido rítmico – influências africanas e árabes.
  • Comida extremamente saborosa e exótica – utilizam-se várias especiarias para harmonizar os ingredientes dos pratos. A tajine, o cuscuz e a harira são apenas três dos mais conhecidos, entre muitos outros de carne, peixe e vegetais. Destaque também para as maravilhosas saladas de legumes cortados em cubos muito pequenos. Para beber, o doce e incrivelmente refrescante chá de menta. Não esqueça que, tradicionalmente, se come com a mão direita ajudando com pão.
  • Os mercados e souks a fervilhar de vida e alegria – lugares imperdíveis onde podemos ver artesãos a trabalhar e os experientes comerciantes a vender joalharia, objetos de couro e metais, perfumes, coloridas especiarias cuidadosamente expostas,… Negociar é uma arte incontornável nos mercados e mesmo lojas mais tradicionais. Não se assuste com os primeiros preços e regateie!

Este país africano tão perto de Portugal é de contrastes. Nas grandes cidades como Casablanca, Rabat, Fez ou Marraquexe vai encontrar um ambiente moderno e cosmopolita em alguns lugares, onde alguns dispendiosos carros percorrem as largas avenidas. Mas também haverá uma medina (zona antiga das cidades no Norte de África) com souk tradicional onde os burros ainda ajudam a circular por entre as estreitas ruas que protegem do tórrido sol do verão.

As grandes cidades cosmopolitas têm, seguramente, muitos atrativos para os viajantes e bastante locais para observar o dia-a-dia dos marroquinos. Mas igualmente atraentes são as mais concorridas praias das costas mediterrânea e atlântica, assim como aquelas extremamente isoladas intocadas pelo homem. No interior do país, a diversidade continua a surpreender-nos. E a maravilhar-nos. A paisagem tem reservado para nós:

  • Desfiladeiros (gorges) incríveis
  • Montanhas que permitem escaladas, caminhadas e desportos de inverno
  • Bonitas cascatas isoladas
  • Ksour (plural de ksar, significando castelo ou cidade muralhada)
  • Ruínas romanas
  • Lagos, florestas e oásis de palmeiras
  • Inesquecíveis dunas.

Alguns lugares a não perder em Marrocos

Chefchaouen

Uma bonita cidade no norte do país com muito carácter. O que a distingue das outras são as paredes pintadas de branco e azul turquesa. Com a chuva das montanhas do Riff, também o chão das inclinadas ruas acaba por ficar pintado.

1
2

Ksar de Ait Benhaddou

Ksar fortificado com uma arquitetura fantástica de casas construídas em argila num maravilhoso vale. Hoje em dia, ainda há famílias a viver no interior da aldeia. Fica perto de Ouarzazate, no acolhedor sul de Marrocos, onde também encontramos estúdios de cinema para visitar. Aliás, muito provavelmente, já viu este ksar em filmes como Gladiador, A Múmia e muitos outros.

Aproveite os programas de férias da TopAtlântico para conhecer MarrocosSaber mais >>

Essaouira

Uma fortaleza histórica localizada na costa atlântica conhecida pelas suas praias mas também pela comida fantástica dos restaurantes alimentados pelos pescadores da região. O porto é um lugar obrigatório para visitar, portanto.

Gorges du Todra

Conjunto de desfiladeiros inacreditáveis. É mesmo possível passar na estrada no meio das duas montanhas, seguindo ao longo de um riacho. Prepare-se para olhar para cima, já que as “paredes” chegam a ter 300m de altura.

4

Gorges du Dades

Mais um desfiladeiro deslumbrante, situado perto do Vale das Rosas, onde milhões destas flores decoram a paisagem na primavera. Cada curva da sinuosa estrada revela mais uma paisagem inédita a perder de vista. Toda a região do Vale do Dades é também conhecida pelos campos onde crescem figos, amêndoas, oliveiras e ainda pelos imensos ksour e casbás (espaços fortificados de origem berbere).

Cascatas de Ouzoud

Conjunto de 3 cascatas na região montanhosa do centro de Marrocos entre o Médio e o Alto Atlas. São uma atração natural importante no país e têm uma altura de 110m. Nada melhor no verão do que dar um mergulho na piscina natural que se forma no fundo das quedas de água. Quem sabe até saltar lá do alto… Com sorte vai conseguir ver um dos macacos-de-gibraltar que habitam no bosque das redondezas.

6

Lagos de Imilchil

Imilchil é uma pequena vila a cerca de 2.200m de altitude, no coração do Alto Atlas Oriental, um símbolo da cultura berbere (cujo território foi conquistado pelos árabes, sendo o povo “empurrado” para as montanhas). Os dois bonitos lagos nos arredores chamam-se Isli (noivo, em berbere) e Tislit (noiva). Os seus nomes refletem a lenda berbere que conta uma triste história de amor entre dois jovens de tribos rivais Aït Yazza e Aït Brahim.

Marraquexe

Esta é, sem dúvida, a cidade mais conhecida do país, a porta de entrada para a maioria dos viajantes que chegam de avião e uma primeira base para explorar o sul de Marrocos. Prepare-se para encontrar uma medina agitadíssima, com destaque para a praça grande Jemaa el-Fna. Apesar de famosa, Marraquexe surpreende sempre pelo lado histórico, arquitetónico, espiritual, cultural, gastronómico,… Aprecie bem as lojas e explore alguns dos imensos museus, antigos palácios e jardins.

Medina de Fez

Fez é, simplesmente, a medina árabe mais bem preservada de todo o mundo islâmico. O verdadeiro labirinto de ruas desta cidade medieval é fascinante. Voltamos atrás no tempo umas quantas centenas de anos para vivenciar experiências semelhantes às dos seus habitantes de então. A melhor forma de não se perder é contratar um guia que o levará a ver os melhores monumentos, antigos palácios e as lojas mais pitorescas.

7

Dunas de Erg Chebbi

Muito, mas mesmo muito provavelmente, o lugar mais mágico e apaixonante de Marrocos. Este conjunto de dunas (erg) do Deserto do Saara com cerca de 5km de largura e 22km de comprimento no sudeste do centro de Marrocos é um verdadeiro mar de areia. Navegue numa caravana de camelos até à grande duna. Trepe lá acima e desfrute de um impressionante pôr do sol. Se preferir, acorde para ver o mesmo sol a pintar as areias de cor-de-laranja. Vai voltar. De certeza.

Marrocos está a sua espera para umas férias inesquecíveis!

Marrocos não deixa ninguém indiferente. Se aprecia destinos exóticos e o mais diferentes possível da nossa cultura, não vá mais longe, Saïda está apenas a duas horas de viagem e contempla o melhor das culturas muçulmana e africana.

hotel be live collection saidia

Se procura um destino paradisíaco, aproveite os pacotes de férias da TopAtlântico para uns dias de sol, mergulhos, boa comida e descanso.  São vários programas de férias, com propostas de alojamento nos melhores e mais bem localizados hotéis da cidade, perto de animação noturna, restaurantes,lojas, mercados e a um pulo da praia.

Veja também: