3 grandes vantagens do autoconsumo de energia

Conheça todas as vantagens do autoconsumo, saiba quanto pode poupar e como conquistar, de vez, a eficiência energética. Saiba mais neste artigo.

3 grandes vantagens do autoconsumo de energia
Mais consumo, mais poupança

Para a Energia Simples, a solução é clara: o sol é seu, use-o. Com as soluções de autoconsumo da Energia Simples, toda a energia que produz é sua. Mas há mais vantagens: além de produzir a sua própria energia, tornando-se independente da rede pública, reduz a fatura de eletricidade e diminui a sua pegada ecológica.

Desde 2014 que os consumidores podem instalar unidades de produção de autoconsumo, ou seja, produzir a sua própria energia. Com as soluções de autoconsumo da Energia Simples o processo é rápido e, claro está, simples. Com um investimento a partir de 990 euros, pode reduzir significativamente a sua fatura de eletricidade e ser dono da sua própria energia.


Como funciona o autoconsumo da Energia Simples?

Na Energia Simples, a solução de autoconsumo fotovoltaico permite produzir e consumir a sua própria energia. Ao optar pela produção de energia através de painéis fotovoltaicos, pode reduzir a sua fatura de eletricidade em 30%. Para facilitar a análise, veja esta simulação para uma habitação com as seguintes características:
  • Tarifário: simples
  • Potência contratada: 3,45
  • Com internet fixa
  • Com consumo de energia durante o dia
  • Com consumo de energia durante o fim de semana

Com base nestes dados, a melhor solução de autoconsumo da Energia Simples sugere a instalação de dois painéis fotovoltaicos com 250W, ou seja, uma potência total de 500W. Ao fim de um ano, o seu sistema de autoconsumo vai produzir 775kWh de energia renovável. Isto representa uma poupança anual 155 euros, reduz até 43% a energia adquirida na rede, ou seja, baixa a sua fatura de eletricidade e evita a emissão de 345kg/CO2.



3 factos importantes sobre o autoconsumo


1. Não precisa de projeto elétrico

Para potências até 1,5kW, ou seja, seis painéis fotovoltaicos de 250 W, não é necessário fazer um projeto elétrico, basta apenas fazer uma comunicação. Pode contar com a Energia Simples para tratar de todo o processo, ou seja, análise, registo, projecto e instalação dos sistemas fotovoltaicos.

 

2. Energia excedente pode ser vendida

A energia excedente pode ser injectada na Rede Eléctrica Pública e vendida ao comercializador de último recurso, ou seja, à EDP Serviço Universal, SA. Esta venda de energia está indexada ao preço de energia eléctrica no mercado diário, com uma penalização de 10%. O valor médio aritmético foi de 0,041 €/kWh no último ano. Em breve, a Energia Simples terá preços e condições mais favoráveis.

 

3. Mais vantajoso consumir toda a energia

Como já referido, a energia pode ser na Rede Eléctrica Pública, porém, esta nova lei foi pensada para que sejam instalados painéis suficientes para reduzir ao máximo a aquisição de energia eléctrica da rede eléctrica pública. Para consumir reduzir a sua sua fatura de electricidade, a Energia Simples aconselha que a energia eléctrica produzida seja 100% autoconsumida.


Para saber mais sobre soluções e vantagens do autoconsumo, faça uma simulação e conheça todos os benefícios de aderir à Energia Simples.

Veja também: