2012 ainda com 25 dias de férias

No seguimento do acordo tripartido entre o Executivo, as confederações patronais e a UGT, uma das alterações à legislação laboral é a eliminação da majoração de três dias de férias, no entanto, esta alteração só terá efeitos no próximo ano.

2012 ainda com 25 dias de férias

Depois de muita polémica em volta das alterações à legislação laboral, umas medidas das quais se fala é a da eliminação da majoração de três dias de férias.

Recorde-se que cada trabalhador tem direito a 22 dias úteis de férias por ano. Até aqui, adicionalmente, os trabalhadores do sector privado que fossem assiduos durante um ano civil, tinham direito a mais 3 dias.

No âmbito das mudanças no Código do Trabalho, fruto do acordo tripartido entre o Executivo, as confederações patronais e a UGT, essa benesse vai acabar.

No entanto, essa alteração só terá efeitos a partir do próximo ano, sendo que de acordo com a CGTP, este ano "os dias de majoração a que cada trabalhador tenha direito, integram o período de férias e têm de ser marcados juntos ao período de férias. Não são dias a gozar quando o empregador quiser»".

Ainda na temática do emprego, fica aqui a sugestão para quem não tem trabalho, a iniciativa do Lusitano Clube, em Lisboa, mais propriamente, em Alfama, que irá receber a Festa do Desempregado.

Trata-se de uma iniciativa para proporcionar a oportunidade de contactos, para procurar emprego, já que o local estará decorado com anúncios de emprego reais, além de poder levar um curriculo e entregá-lo à organização.

Sábado à noite, pelas 22:30, além de ir beber um copo, dançar, jogar bilhar, vai também procurar emprego e trocar experiências com outras pessoas na mesma situação ou que estando empregadas, procuram novas oportunidades.