Autódromo Internacional do Algarve preparado para receber Fórmula 1

É oficial. O Autódromo Internacional do Algarve recebeu a homologação máxima de Grau 1 para receber as provas de Fórmula 1.

Autódromo Internacional do Algarve preparado para receber Fórmula 1
Circuito revebe homologação da FIA

O Autódromo Internacional do Algarve recebeu a homologação máxima de Grau 1 atribuída pela Federação Internacional Automóvel (FIA), o que lhe permite receber as provas de Fórmula 1. O anúncio foi feito na página oficial do circuito algarvio na rede social Facebook.

“O Autódromo Internacional do Algarve obteve, por parte da FIA, homologação máxima, Grau 1. É com enorme orgulho que recebemos o grau máximo, que nos possibilita receber corridas do Grande Prémio de F1”, referiram os responsáveis pelo circuito.

Para um circuito receber os Grandes Prémios de Fórmula 1 é necessário que a FIA atribua esta homologação. A administração do Autódromo Internacional do Algarve sublinha que o circuito, as infraestruturas e o hotel, que já está em funcionamento, estão prontos para receber a Fórmula 1. Falta saber quando o Algarve irá ser o palco para uma das provas de Fórmula 1.

Para voltar a colocar Portugal no mapa Mundial de Fórmula 1 é preciso pagar uma caução de mais de 30 milhões de euros. Por exemplo, para receber o Grande Prémio da Europa o Baku, no Azerbaijão, paga 46 milhões de euros/ano.

Embora esta seja ainda uma hipótese, pois ainda não está definido quando poderemos ver os carros de Fórmula 1 a acelerar no Autódromo Internacional do Algarve, a organização não tem dúvidas de que seria uma mais-valia para a região turística do Algarve e para o circuito. Uma prova desta dimensão teria um impacto económico relevante na região e daria uma grande exposição mediática à região, especialmente na época turística mais baixa.

Fórmula 1 esteve em Portugal há 21 anos

A última vez que a Fórmula 1 esteve no mercado português foi no Circuito do Estoril, em 1996. O vencedor dessa prova foi Jacques Villeneuve (Williams). Nessa altura, surgiram as primeiras notícias sobre o possível cancelamento da temporada de 1997. A prova acabou por ser cancelada devido a falta de condições de segurança no Estoril.

Em 12 anos de corridas, os portugueses testemunharam corridas históricas com pilotos como Ayrton Senna, Alain Prost, Nigel Mansell e Michael Schumacher.

Apesar destas serem as memórias mais recentes, as primeiras corridas do Grande Prémio de Portugal, datam de 1958, no circuito citadino da Boavista. O vencedor da primeira corrida em solo português foi Stirling Moss.

Com a inauguração do Autódromo do Estoril, em 1972, começou novamente a começou a campanha para trazer de volta a Fórmula 1. O “circo” da Fórmula 1 regressou a Portugal em 1984, numa prova importante que decidia o vencedor do campeonato.

Veja também: