Circular em rotundas pode ser uma dor de cabeça

Circular em rotundas ainda é uma tarefa complicada para alguns… Que o digam as cerca de mil multas aplicadas por ano.

Circular em rotundas pode ser uma dor de cabeça
3 mil multas em 3 anos.

Há quem diga que circular em rotundas é a tarefa mais simples do mundo. Essa, no entanto, não é uma realidade que se estenda a toda a população. Quase três anos depois da entrada em vigor de cerca de sessenta alterações ao Código da Estrada, mais de três mil portugueses já foram apanhados a cometer infrações em rotundas. Infrações que resultaram em multas entre os 60 e os 300 euros.

De acordo com as estatísticas da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), 3.195 condutores já foram multados por circular em rotundas de forma indevida. O pior, a avaliar pelos dados divulgados, é que o número de infrações tem vindo a aumentar de ano para ano: de 1104, em 2014, cresceu para 1127, em 2015. E este ano já foram levantados 964 autos.

“Uma das principais dificuldades que os condutores sentem tem a ver com o facto de as rotundas não terem todas a mesma configuração", sublinhou o major Paulo Gomes, da Divisão de Trânsito da GNR. A maior parte das infrações, porém, são registadas por militares em circulação, não existindo uma fiscalização específica à circulação indevida nas rotundas.

As coimas por circular em rotundas de forma incorreta situam-se entre os 60 e os 300 euros. 


Veja também:

Continuar a Ler