Crédito malparado continua a dar dores de cabeça às famílias portuguesas

O crédito malparado continua a subir, principalmente aquele que está associado a outros fins que não o crédito à habitação, por exemplo. Conheça os dados do Banco de Portugal.

Crédito malparado continua a dar dores de cabeça às famílias portuguesas
Os dados foram divulgados pelo Banco de Portugal

Segundo notícia avançada, o número de créditos malparados em Portugal voltou a subir. Numa época em que tem sido apontada pelo Governo uma saída gradual da crise, os dados divulgados pelo Banco de Portugal revelam que o crédito malparado representa já 4,23% de todos os empréstimos feitos às famílias portuguesas, sendo que o total do crédito concedido a particulares subiu 0,13 por cento se comparado com Junho, que registou 4,25 por cento.

JUNTE TODOS OS SEUS CRÉDITOS NUM SÓ
Simplifique as suas contas, consulte agora os nossos especialistas em crédito consolidado. Ao juntar os seus créditos, fica com apenas uma mensalidade, paga sempre ao mesmo dia do mês.

Situação menos grave no crédito habitação

Pode ler-se em notícia que “embora também tenha subido, o malparado na habitação continua a ser o mais baixo, em comparação com o crédito de cobrança duvidosa relativo ao consumo e com os empréstimos para outros fins”. No entanto, se formos analisar o total dos empréstimos pedidos às famílias para a compra de casa, sabemos que as dívidas incobráveis subiram de 2,4 por cento em Junho para 2,43 por cento em Julho. “Já em relação ao crédito ao consumo, o malparado desceu ligeiramente de 11,4 por cento em Junho para 11,35 por cento em Julho”, revela o comunicado, onde pode ler-se também que “há dois anos que a percentagem dos créditos de cobrança duvidosa ao consumo não ficava abaixo deste valor”.

Mas o recorde de dívida nas famílias sente-se mesmo no crédito malparado para outros fins, cujos números apontam para um aumento de “13,79 por cento para os 14,49 por cento nos dois meses”, conclui.

Precisa de ajuda?

No E-Konomista o sobreendividamento das famílias é sempre uma preocupação. Precisa de ajuda? Consulte algumas das nossas dicas: