Já folheou o Diário de Anne Frank em banda desenhada?

O novo Diário de Anne Frank baseou-se nos textos originais e conta a vida no anexo mais famoso do mundo.

Já folheou o Diário de Anne Frank em banda desenhada?
Foi criado por Ari Folman e David Polonsky

De certeza que já leu o Diário de Anne Frank em algum ponto da sua vida. Se não leu, faça o favor de o fazer. Se já leu mas quer relembrar a história da jovem de 13 anos que ficou escondida num anexo de uma casa em Amesterdão com toda a sua família para tentar sobreviver aos nazis, que tal fazê-lo de outra forma? O novo Diário de Anne Frank, em banda desenhada, já está nas bancas.

Diário de Anne Frank é reinventado 70 anos depois

diario

Que é uma história trágica ninguém contesta; A ideia de Ari Folman e David Polonsky é que pode ser contada de forma menos pesada, autores que deram vida ao novo Diário de Anne Frank, desta vez em banda desenhada.

A história passa-se durante os 743 dias que Anne Frank esteve fechada no anexo, em 1942. Quando Amesterdão é ocupada pelas tropas nazis, Anne Frank e a sua família são obrigados a esconderem-se num anexo e é aqui que a jovem começa a escrever o seu diário, cheio de humor.

Setenta anos depois de ser publicado, o Diário de Anne Frank ganha nova vida, em banda desenhada e com base nos textos originais. Vale a pena ler…

Veja também: