Simulador de Crédito - Milhares de Portugueses já experimentaram!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

SIMULAR

Estado português vai ser processado

Os funcionários públicos das Finanças vão a tribunal para impedir que o Estado corte os subsidios de férias e de Natal, como ficou definido no Orçamento de Estado.

Estado português vai ser processado

O Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos vai mesmo avançar com uma acção judicial contra o Estado de forma a impedir o corte dos subsidios de férias e de Natal.

 

São praticamente 8 mil os associados do Sindicato que receberam a informação sobre esta acção judicial e o número de interessados em participar na acção não pára de crescer.

 

O objectivo é mostrar uma posição perante uma medida que o sindicato considera injusta, já que apenas penaliza os trabalhadores da Administração Pública, havendo imensas excepções.

 

Para já, o Sindicato apenas está a aguardar que os seus associados respondam se pretendem ou não participar da acção, podendo interpor a acção até final do mês de Março, altura em que termina o prazo de três meses após a entrada em vigor do Orçamento de Estado para 2012, que implica um corte no subsidio de férias e de Natal.