O maior Hub Criativo e Empreendedor português vai nascer em Lisboa

O  Hub Criativo e Empreendedor de Lisboa, aguardado há muitos anos, deverá gerar 3 mil empregos nos próximos três anos. 
 

O maior Hub Criativo e Empreendedor português vai nascer em Lisboa
Vai ter 30 mil metros quadrados e deve estar concluído até ao final deste ano

Lisboa vai ter o maior Hub Criativo e Empreendedor de Portugal e um dos maiores da Europa. Este polo de inovação vai ficar instalado no espaço da antiga Manutenção Militar, na freguesia do Beato, espaço cedido à incubadora StartUp Lisboa, que ficará a cargo da coordenação do projeto, em conjunto com a autarquia lisboeta. O espaço cedido pela autarquia será arrendado por mais de 7,1 milhões de euros por um prazo máximo de 50 anos.
 

Um dia marcante para Lisboa

Este Hub Criativo e Empreendedor vai ocupar 30 mil metros quadrados e deverá integrar várias incubadoras nacionais e estrangeiras, bem como residências artísticas, criadores e criativos, uma zona de restauração ou outros projetos. Para já o Hub Criativo e Empreendedor está em fase de preparação, devendo estar concluído até ao final do ano, sendo inaugurado de forma faseada, ao longo dos três próximos anos.

O contrato de cedência do espaço foi formalizado a 17 de Junho 2016, numa sessão que contou com a presença do Primeiro-Ministro português, António Costa, e Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa.

“É um dia marcante para o futuro da cidade de Lisboa e para a construção do futuro da zona oriental da cidade", disse o autarca lisboeta na sessão. Fernando Medina realçou ainda o impacto que o projeto virá a ter para aquela zona da cidade. "Este projeto prevê a revitalização e regeneração da zona entre Santa Apolónia e o Braço de Prata e acredito que este é um dos esforços mais ambiciosos de desenvolvimento integrado da cidade desde a Expo 98”, disse, afirmando ainda que este será “um dos polos mais importantes de toda a Europa”.

António Costa destacou a importância do projeto e disse que “desde 1998 que se aguarda a conclusão deste caminho do oriente, que permita ligar a Expo ao centro da cidade”. O Primeiro-Ministro acredita que este polo de inovação vai atrair empreendedores, criadores e iniciativas para a cidade.

Estima-se que este Hub Criativo e Empreendedor venha a criar cerca de 3 mil empregos. 

Veja também: