Sim, quero receber as últimas informações sobre emprego

Oportunidades de carreira, dicas e conselhos práticos que vão melhorar a sua vida profissional.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

Enviar

Não fazer nada na Suíça pode dar direito a receber salário

Já imaginou se ganhasse um salário sem fazer nada? Parece que na Suíça é o que está prestes a acontecer!

Não fazer nada na Suíça pode dar direito a receber salário
Suíça quer trocar subsídios por salário

Não, não é anedota e vai mesmo acontecer. A Suíça vai lançar um referendo nacional que colocará em discussão “a entrada de um rendimento básico incondicional, que substitua os subsídios pagos atualmente”.

Segundo notícia avançada pela Bloomberg, o que está em cima da mesa na Suíça é uma medida que poderá colocar os suíços a receber 2500 fracos por mês, o que equivale a 2200 euros, sem fazerem nada. O objetivo é conseguir tirar as pessoas do limiar da pobreza, dando um salário, mesmo sem estarem a trabalhar. 

O referendo que acontece já no próximo dia 5 vai decidir se a proposta passa ou não, mas tudo indica que será o não a ganhar. Isto porque as mais recentes sondagens apontam para 72 por cento dos votos sobre o não. Ao que parece, nem o próprio Governo da Suíça está de acordo com a proposta, “alegando que isto pode significar um aumento de impostos e criar desincentivos para trabalhar”.

Em Portugal, também nas últimas eleições foi defendido pelo PAN a introdução de um rendimento básico incondicional, que consistiria num valor mensal “incondicional a qualquer contrapartida atribuído a cada pessoa desempregada – jovem ou adulta”.

A ideia do PAN para esta proposta era que “as pessoas tivessem uma fonte de rendimento que lhes possibilite viver na sociedade e envolverem-se no mercado de trabalho”.


Veja também: